Governo pede que justiça dos EUA cancele audiência com a Apple

A audiência desta terça-feira iria acontecer em Riverside. A intenção do governo era forçar a Apple a desbloquear o iPhone 5c usado pelo criminoso, porém, de acordo com a companhia, o FBI iria criar um precedente perigoso caso a informação codificada fosse liberada.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Uma nova audiência envolvendo o governo dos Estados Unidos e Apple deveria acontecer nesta terça-feira (22), porém, ontem, a justiça dos EUA aceitou anular, a pedido do governo, o encontro.

O governo, ao solicitar o cancelamento da audiência, alegou ter encontrado um meio possível para desbloquear o aparelho da Maçã. Vale notar que a Apple negou colaborar para acessar os dados criptografados do seu iPhone. O caso envolve supostas  conversas de um dos autores do massacre de San Bernardino.

Governo pede que justiça dos EUA cancele audiência com a Apple
Audiência entre Apple e FBI não irá mais acontecer nesta terça-feira. O governo dos Estados Unidos afirma já ter encontrado um método para burlar criptografia do iPhone.

Leia também:

De acordo com os promotores responsáveis pela ação que foi movida pelo FBI contra a Apple disseram que uma empresa “terceirizada” ofereceu um método para que possa invadir o sistema do iPhone 5c usado por Farook.

"É necessário fazer testes para determinar se existe um método viável que não comprometa os dados contidos no iPhone de Farook. Se o método for viável, a assistência da Apple Inc. não será necessária", disseram os advogados do governo.

Sheri Pym, juíza do caso, ordenou que fosse apresentado um relatório sobre o andamento das investigações em 5 de abril.

A audiência desta terça-feira iria acontecer em Riverside. A intenção do governo era forçar a Apple a desbloquear o dispositivo, porém, de acordo com a companhia, o FBI iria criar um precedente perigoso caso a informação codificada fosse liberada.

Farook e a sua esposa, em um ataque terrorista, matou 14 pessoas e deixou feridas outras dezenas. O fato ocorreu em 2 de dezembro do ano passado.

Mais sobre: apple fbi iphone
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar