Novo golpe no WhatsApp oferece pacote de emoticons

Alguns usuários, inclusive, recebem a orientação de atualizar o número do celular para prosseguir com a instalação. Porém, a intenção é inscrever o usuário em serviços pagos ou mesmo em uma lista de spam.

Por Redes sociais Pular para comentários
Novo golpe no WhatsApp oferece pacote de emoticons

Atenção usuários do WhatsApp, o Laboratório da ESET identificou um novo golpe que está sendo aplicado através do mensageiro. Para roubar informações de contatos de usuários é usado um falso aplicativo de emoticons.

O ataque funciona quando o usuário clica no link para instalar os supostos emoticons, assim, ele é direcionado para outro site, onde recebe instrução de compartilhar mensagem sobre o pacote de emoticons com os amigos ou três grupos do WhatsApp para que possa ser concluído o download.

Usuários precisam ficar atentos com o novo golpe no WhatsApp. Pacote oferecendo emoticons estão sendo usados como chamarisco.
Usuários precisam ficar atentos com o novo golpe no WhatsApp. Pacote oferecendo emoticons estão sendo usados como chamarisco.

Ao compartilhar o arquivo com os amigos, o usuário acaba sendo direcionado para outro site dizendo q a operação não foi concretizada. Alguns usuários, inclusive, recebem a orientação de atualizar o número do celular para prosseguir com a instalação. Porém, a intenção é inscrever o usuário em serviços pagos ou mesmo em uma lista de spam.

"Cada vez mais, os cibercriminosos têm diversificado seus ataques, usando técnicas que busquem atrair a atenção dos usuários e que viralizem ou se espalhem por meio de aplicativos populares, como WhatsApp", afirma Camillo Di Jorge, Presidente da ESET Brasil. "É importante que os usuários fiquem atentos para esse tipo de golpe e evitem clicar em links duvidosos ou desconhecidos. Também recomendamos o uso de uma solução de segurança para dispositivos móveis, a fim de evitar possíveis ameaças como essa", disse ainda o executivo.

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias de Redes sociais