Ministro da Justiça diz que jogos incentivam os crimes

A violência é hoje cultivada e aplaudida, seja em esportes ou jogos de crianças pequenas, disse Cardozo.

Por | @RafaelaPozzebon Games

Muitas pessoas acreditam que os games podem influenciar na violência. Obviamente, duas vertentes circulam, os que acusam os games violentos, e os que defendem, alegando que não é o conteúdo de um jogo que irá influenciar na personalidade do indivíduo.

Entre as várias declarações positivas, ou não sobre os games, desta vez, uma acabou chamando a atenção. O Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, em uma entrevista para a BBC, em um encontro da Organização dos Estados Americanos, falou sobre medidas que o Governo está adotando para acabar com os homicídios.

Ministro da Justiça diz que jogos incentivam os crimes

Leia também:

A BBC, no início da conversa cita uma fala de Cardozo: "A violência é hoje cultivada e aplaudida, seja em esportes ou jogos de crianças pequenas". De acordo com ele, os games exploram uma cultura de violência, já que os games nunca exigem que os jogadores salvem vidas. “O vencedor é sempre quem mata”.

Até os jogos de esportes foram criticados por Cardozo. Em certo momento, o entrevistador perguntou se o Ministro estava se referindo a jogos focados no UFC. Cardozo, no entanto, não poupou. "Às vezes tenho visto violência até em esportes que não tendem minimamente a ser violentos, como jogos de futebol".

O Ministro disse ainda que o governo tentará mostrar aos juízes e promotores sobre os males da "cultura do encarceramento, aquela que faz parecer que a única sanção eficaz é a privação da liberdade".

"Enquanto prevalecer entre os nossos operadores do direito essa cultura do encarceramento, jamais resolveremos os problemas do nosso sistema carcerário", disse Cardozo.

A entrevista, realmente polêmica. Porém, não foi citado quais medidas o governo irá tomar em relação a violência. Será que os games violentos serão proibidos no país? 

Mais sobre: jogos, violentos, brasil
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários