Apple e Ericsson encerram processo e assinam acordo

Apple e Ericsson iniciaram uma disputa judicial para brigar por valores de patentes da companhia sueca.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Empresas de tecnologia, ao que tudo indica, pretendem entrar o próximo ano em paz nos tribunais. Prova disso, é a que a Apple e Ericsson assinaram acordo e selaram a guerra na justiça.

No início deste ano, a Apple e Ericsson iniciaram uma disputa judicial para brigar por valores de patentes da companhia sueca. De acordo com a Maçã, os royalties de patentes relacionadas ao uso de conexões 4G LTE estavam superfaturados e ainda disseram que tais componentes não seriam essenciais para esse tipo de conexão. Assim sendo, a Apple solicitou através da justiça que a Ericsson cobrasse valores menores.

A Apple argumentou também que a Ericsson estaria calculando os royalties através de uma porcentagem de todo o mercado de smartphones e tablets, sendo que o certo seria apenas se basear no valor do chip que possui a tecnologia LTE. De acordo com a Maçã, ela cobraria um valor justo pelas patentes.

Apple e Ericsson encerram processo e assinam acordo

Leia também:

A Ericsson, por sua vez, após o episódio, moveu outra ação contra a Apple por uso indevido de licenças. Conforme a empresa, o acordo entre as duas companhias não havia sido renovado, mesmo após dois anos de negociação. Assim sendo, a Apple teria que pagar uma multa baseada no número de aparelhos que comercializasse, sendo que poderia chegar entre US$ 250 e US$ 750 milhões, por ano.

Para selar a paz entre as companhias, elas entraram em um acordo neste final de ano. Assim sendo, Apple e Ericsson encerrar todas as ações nos tribunais. Agora, a Apple irá repassar uma pequena porcentagem dos royalties da venda de iPhones e iPads para  a Ericsson durante sete anos. Além disso, ambas companhias assinaram um acordo de colaboração, em várias áreas de tecnologia, como o desenvolvimento da tecnologia móvel 5G e também a otimização de redes sem fio.

"Isso significa que podemos continuar a trabalhar com a Apple em áreas como a rede de rádio 5G e na otimização da rede", disse à Reuters Kasim Alfalahi.

Mais sobre: apple ericsson patentes
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo