Aplicativos para Android podem rodar mesmo sem estarem instalados

Google testa o streaming de aplicativos. Com isso, os usuários não precisam fazer download do app para usá-lo.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Na quarta-feira (18), o Google anunciou o início do streaming de aplicativos para aparelhos Android. Através da novidade, que funciona através dos resultados de busca do próprio Google, o usuário poderá experimentar o uso de um aplicativo mesmo que ele não esteja instalado em seu smartphone.

Para o funcionamento do recurso é necessário uma tecnologia baseada na nuvem e por isso necessita de uma conexão Wi-Fi de alta velocidade para que seu uso aconteça de forma correta.

Aplicativos para Android podem rodar mesmo sem estarem instalados

Leia também:

A outra novidade inclui os dados presentes somente dentro dos aplicativos nos resultados de busca do Google. A companhia já estava exibindo informações de aplicativos que possuíam páginas correspondentes na web, como redes sociais. Assim sendo, com a novidade será possível expandir o alcance da pesquisa.

O funcionamento do streaming ocorre de modo bastante simples, ou seja, assim que encontrar um aplicativo que seja compatível com os recursos nos resultados do Google, o usuário terá que clicar no botão “Stream”. Após isso, o aplicativo irá abrir, e sem a necessidade de instalação. Com isso será possível usufruir dos recursos do aplicativo em questão.

Inicialmente, apenas nove aplicativos são compatíveis com o streaming, porém, de acordo com o The Verge, a fluidez do uso pode ser comprometida com a velocidade da conexão.

“Quando o Google começou, pesquisar [na web] significava ficar sentado em sua mesa e buscar pelas melhores informações em websites. Hoje, você está mais propenso a fazer isso no seu dispositivo móvel, e as melhores respostas podem estar enterradas em um app, talvez em um que você ainda não tem instalado”, explicou o gerente de engenharia Jennifer Lin no blog oficial do Google.

O streaming de aplicativos ainda está sendo testado, por essa razão, só irá funcionar nos Estados Unidos, com poucos aplicativos. Ainda não há previsão para a expansão do recurso.

Mais sobre: google android aplicativo
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo