Aplicativos do Google Play ficarão mais baratos no Brasil

Uma boa notícias aos usuários brasileiros do Android! Google implanta valores locais aos aplicativos para o sistema, com isso os preços dos aplicativos não serão cobrados a partir da conversão direta da moeda.

Por | @oficinadanet Smartphones

Nesta terça-feira (17), durante o evento Google PlayTime, em São Paulo, o Google informou que os valores dos aplicativos para Android na Google Play não serão mais baseados na conversão direta para o dólar, mas sim, de acordo com a moeda local.

Com isso, os aplicativos e jogos do sistema operacional móvel contarão com preços localizados, ou seja, baseados no mercado brasileiro. A tendência é que os preços fiquem mais baixos, e com isso, a empresa pretende atrair ainda mais consumidores.

Aplicativos do Google Play ficarão mais baratos no Brasil

Leia também:

As mudanças começaram a valer a partir das 11 horas da manhã de hoje (Horário de Brasília). A partir de então, o preço mínimo de compra passa a ser de R$ 0,99, antes era de R$ 2,50. O sistema de conversão também foi implantado em outros países.

A partir das mudanças, o Google pretende adotar uma estratégia semelhante a do Steam, que também começou a comercializar os seus jogos por preços relacionados ao local, e não simplesmente pela conversão de moeda.

O novo método de cobrança também está relacionado ao mercado aquecido no país. O Google revelou dados importantes sobre o assunto. A América Latina, de acordo com a companhia, conta com um ecossistema Android bastante considerável, com 83% do mercado. No mundo, são 1,4 bilhão de dispositivos ativados com o Android, com 1,5 milhão de aparelhos sendo ativados diariamente. Além disso, o Google disse que são mais de 400 empresas parceiras que desenvolvem para o sistema operacional, com 500 operadoras fornecendo planos de conexão em vários países. 

Mais sobre: apps google brasil
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo