Xiaomi Redmi 2 Pro desembarca no Brasil por R$ 729

“O Redmi 2 Pro surpreende por sua performance e facilidade de uso”, explica Hugo Barra, vice-presidente Internacional da Xiaomi.

Por | @RafaelaPozzebon Smartphones

A Xiaomi chegou ao Brasil há apenas três meses, e ao que tudo indica, a empresa está emplacando nas terras tupiniquins. Prova disso é que desembarcou no país o Redmi 2 Pro, o novo smartphone da marca. O aparelho conta com 2GB de memória RAM e capacidade de armazenamento de 16 GB.

O Redmi 2 Prime, que será comercializado no Brasil é o mesmo que já foi lançado na Índia com o nome de Redmi 2 Prime, sendo assim, todos os aspectos do aparelho já são conhecidos.

Xiaomi Redmi 2 Pro desembarca no Brasil por R$ 729

Leia também:

“O Redmi 2 Pro surpreende por sua performance e facilidade de uso”, explica Hugo Barra, vice-presidente Internacional da Xiaomi.

Confira as especificações técnicas do aparelho:

  • Tela IPS LCD de 4,7 polegadas com resolução HD (720 x 1280 pixels) com proteção AGC Dragontrail Glass
  • Chipset Qualcomm Snapdragon 410 64-bit Quad-Core com clock máximo em 1,2GHz
  • GPU Adreno 306
  • 2GB de RAM
  • 16GB de armazenamento interno, expansível via cartão microSD de até 32GB
  • Câmera principal de 8MP com flash LED
  • Câmera frontal de 2MP
  • Bateria de 2.200mAh com suporte a carregamento rápido Quick Charge 1.0
  • Dual-SIM 4G LTE
  • Android 4.4.4 KitKat com interface MIUI 6

Os usuários ainda poderão baixar a nova interface MIUI 7 a partir de 16 de outubro, com todas as novidades presentes na versão baseada no Android 5.0 Lollipop.

Para quem ficou interessado em adquirir o aparelho, ele estará disponível em 8 de outubro a partir das 12 horas de Brasília. O aparelho poderá ser adquirido por R$ 729 à vista no cartão bancário ou boleto bancário através do site de vendas.

“Mesmo com a escalada do dólar, conseguimos manter nossa filosofia de trazer alta tecnologia a valores justos. É uma oferta bem agressiva para a configuração de 2G de RAM com 16G de armazenamento”  explica Leo Marroig, diretor geral da Xiaomi  para América Latina.

Mais sobre: xiaomi, redmi, smartphone
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários