Brasileiros poderão adquirir produtos da Xiaomi através do site

Não somente o Remi 2 poderá ser adquirido pelo site, mas também o carregador portátil Mi Power Bank, que foi lançado na última semana.

Por | @oficinadanet Tecnologia

A Xiaomi chegou ao Brasil há pouco tempo, e como novidade, a empresa anunciou que a partir da terça-feira (25), as pessoas interessadas em adquirir o smartphone Redmi 2 poderão realizar a compra através do site da empresa, o mi.com.

"Como fazemos em todos os mercados, assim que adequamos nossa capacidade de produzir à demanda, abrimos a oportunidade de comprar nossos produtos sem hora e nem dia marcado. Dessa forma também atendemos ao pedido de alguns Mi Fãs, simplificando ainda mais o  processo", comenta Gabriela Viana, diretora de marketing da empresa. 

Sendo assim, os Eventos de Vendas com data marcada só irão ocorrer para o lançamento de novos produtos.

Brasileiros poderão adquirir produtos da Xiaomi através do site

Leia também:

Não somente o Remi 2 poderá ser adquirido pelo site, mas também o carregador portátil Mi Power Bank, que foi lançado na última semana.

Para adquirir os produtos da Xiaomi é necessário fazer uma conta Mi, através do site mi.com. Em seguida, basta escolher os produtos. As compras podem ser pagas através de cartão ou mesmo boleto bancário. Através do cartão de crédito é possível parcelar o valor da compra.

A Xiaomi, apesar de ter chegado há pouco no Brasil, já existe há algum tempo. A empresa foi fundada na China em 2010, pelo inovador empresário Lei Jun. As operações da companhia iniciaram com o sistema operacional MIUI, que é usado por mais de 150 milhões de pessoas no mundo.

A companhia chinesa é famosa por oferecer smartphones de excelente qualidade por um valor acessível. A Xiaomi está presente na Singapura, Malásia, Filipinas, Índia, Indonésia, Hong Kong e Taiwan. Vale notar que o Brasil é o primeiro país ocidental a receber a Xiaomi.

Mais sobre: xiaomi smartphone brasil
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter