Governo americano irá investigar monopólio contra o Google

Android é alvo de investigação. Google é alvo de suspeita de monopolizar uso de aplicativos nativos em todos aparelhos equipados com o seu sistema.

Por | @RafaelaPozzebon Tecnologia

A Federação de Comércio dos Estados Unidos (FTC, na sigla em inglês) anunciou que iniciou a investigação sobre as práticas que envolvem o sistema operacional do Google. O alvo da investigação são as possíveis restrições no acesso à plataforma através de terceiros, para que assim sejam privilegiados aplicativos próprios.

O inquérito é semelhante ao que já está em andamento na Europa, que foi aberto pela federação de comércio do Velho Continente em resposta às reclamações da Microsoft e também da Nokia. Através de lá, as empresas solicitaram o que acreditam ser monopólio, levando em consideração que o Android tem o Google como ferramenta de busca padrão e ainda abre automaticamente aplicativos como Gmail e o Mapas, e com isso não oferecendo lugar para os rivais.

Governo americano irá investigar monopólio contra o Google

Leia também:

O início da investigação foi através do Departamento de Justiça americano, sendo que poderia ter se transformado em um processo legal, porém acabou sendo assumido pela FTC em virtude das suspeitas de monopólio.

Vale lembrar que em abril deste ano a Reuters publicou que algumas empresas de tecnologia reclamaram ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos sobre as práticas anticompetitivas do Google e solicitaram investigação.

Agora, a nova investigação da FTC quer descobrir se o Google está obrigando os fabricantes de celulares quais os aplicativos que precisam ser exibidos nos seus aparelhos e ainda como e onde eles precisam ser exibidos.

Tanto a FTC quanto o Google não se pronunciaram sobre o assunto até então. A investigação, como de costume, corre em segredo, bem como os nomes dos responsáveis pelo início das reclamações. 

Mais sobre: android, google, smartphones
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários