Conheça o criador do Popcorn Time

“Eu amo o Netflix. Pago por ele. Mas seu catálogo na Argentina é absolutamente terrível”.

Por | @RafaelaPozzebon Tecnologia

Muito se fala sobre o Popcorn Time, o NetFlix pirata, porém, ninguém sabia a real identidade do criador da ferramenta. Porém, a situação mudou, e a identidade do responsável pelo Popcorn Time enfim veio à tona.

Federico Abad, designer de 29 anos é o homem que desenvolveu o serviço. O argentino reside no bairro de San Cristobal, em Buenos Aires, e criou o Popcorn Time com um MacBook em seu quarto.

lançamentos netflix no facebook

“Aqui na Argentina a internet é muito lenta. Filmes chegam ao cinema um semestre depois do lançamento nos Estados Unidos”, contou Abad.

“Eu queria ver um filme, mas não podia. O que eu poderia fazer? Eu só queria resolver um problema”, resume Abad.

Conheça o criador do Popcorn Time

Leia também:

O Popcorn Time foi desenvolvido em apenas algumas semanas, e desde o início, a intenção era de produzir um software fácil de ser usado. Assim, os usuários poderiam ver filmes a partir de poucos cliques.

De acordo com Abad, os métodos para obter filmes eram complicados demais. “Minha mãe não conseguiria usar. Ela não poderia começar a assistir a um filme que ela quisesse. Quando desenho algum produto, ela é meu caso de estudo. Se ela não puder usar, ninguém pode usar”, disse.

Inicialmente, outros desenvolvedores ajudaram no projeto, porém, após ganhar notoriedade, o restante dos envolvidos caiu fora. Conforme o grupo, o Popcorn Time havia se tornado algo grande demais.

“Não esperávamos que os Estados Unidos e outros países com internet mais veloz também sofressem com tudo isso. As pessoas diziam ‘nós temos os mesmo problemas e vocês resolveram isso’”.

Porém, o que era um auxílio para visualizar filmes, acabou não agradando a todos. Vários países bloquearam o acesso ao serviço. Além disso, produtoras de filmes deixaram bem claro a não aprovação do serviço.

O dono do serviço, disse que é um grande fã do Netflix original. “Eu amo o Netflix. Pago por ele. Mas seu catálogo na Argentina é absolutamente terrível”, disse ele.

Reed Hastings, CEO do Netflix, já comentou sobre a necessidade de oferecer o mesmo conteúdo em qualquer lugar do mundo.

“A chave sobre pirataria é que uma fração dela é porque usuários não conseguem acessar o conteúdo desejado. Essa parte nós podemos arrumar”, disse ele.

Mais sobre: netflix, popcorntime, filmes
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.