Quais são os requisitos para o uso do Oculus Rift no PC

Quem curte games, certamente já deve ter ouvido falar do Oculus Rift. O gadget trata-se de um óculos de realidade aumentada, desenvolvido pela Oculus VR.

Por | @RafaelaPozzebon Tecnologia
A companhia foi comprada pelo Facebook em 2014 em uma transação que envolveu um total de US$ 2 bilhões (cerca de R$ 4,6 bilhões), divididos entre dinheiro e ações do Facebook. O primeiro kit do óculos teve financiamento do site colaborativo Kickstarter, e contava com tela de LCD de 7 polegadas com resolução de 640 x 800 por olho.

A nova geração, que foi lançada no ano passado, chegou com algumas melhorias, como display OLED de baixa persistência (960 x 1080 pixels por olho) e ainda um acessório extra para aprimoramento do rastreamento de posição. A versão final do produto deverá chegar somente em 2016.

Oculus Rift para PC

Como vimos, o Oculus Rift é destinado para os amantes de games, e obviamente poderá ser usado também pelos jogadores de computador. Porém, existem alguns requisitos para o bom funcionamento do óculos no PC.

De acordo com a desenvolvedora do óculos, é necessário ter uma pláca de vídeo GPU GTX 970 ou AMD R9 290, bem como processador Intel Core i5 4590 ou superior e ainda 8 GB de memória RAM. Também é preciso ter uma saída de vídeo compatível com HDMI 1.3, duas portas USB 3.0 e Windows 7 SP1 ou mais recente.

“O objetivo é que todos os games e aplicativos do Rift entreguem a mesma experiência com essa configuração”, afirma a companhia em uma publicação em seu blog oficial. “Acreditamos que isso vai ser fundamental para o sucesso da Realidade Virtual, já que desenvolvedores podem otimizar seus games baseados em uma especificação conhecida, atingindo uma presença consistente e simplificando o desenvolvimento”.

Confira um vídeo com o Youtuber BRKsEDU testando o Oculus Rift em um jogo de computador:

Confira a lista de requisitos:

  • Nvidia GTX 970 / AMD 290 ou melhor;
  • Intel i5-4590, algum equivalente da AMD, ou melhor;
  •  8 GB ou mais de memória RAM;
  •  Compatibilidade com saída de vídeo HDMI 1.3;
  •  2 portas USB 3.0;
  •  Windows 7 SP1 ou mais recente.

De acordo com as especificações acima, rodar o Oculus Rift em um PC não será privilégio para todos. Uma máquina com todas essas especificações custa atualmente uma boa grana, então, para quem realmente pretende se aventurar, prepare o bolso. O gadget deve ser lançado no primeiro semestre de 2016, e o seu valor também não será nada agradável, ou seja, deverá custar cerca de US$ 500.

Oculus Rift marca nova geração de games

A história dos primeiros videogames é longa, bem como a sua extensa evolução. Dos primórdios, com fitinhas, até os atuais games online. Sensores de movimento então, uma tecnologia longe de ser alcançada até alguns anos atrás. Porém, como vimos, o mundo dos games não para, está em constante evolução e atraindo cada vez mais pessoas para os jogos.

Algumas pessoas já consideram o Oculus Rift o marco de uma nova geração do mundo dos jogos, já que, através deles, os gamers contam com um campo de visão amplo, em que poderão vivenciar cada emoção de um jogo. Tudo isso, óbvio, em virtude do recurso de realidade aumentada.

O conceito inicial do Rift surgiu através de um do site colaborativo Kickstarer. Agora, ao que tudo indica, o Oculus Rift abrirá portas para que tecnologias semelhantes sejam também lançadas no mercado.

A fabricante, a Oculus VR, agora pertencente ao Facebook, sinaliza que será possível jogar qualquer game no Oculus Rift. Então, já pensou poder vivenciar todas as emoções do game, como se estivesse dentro dele? Com certeza, uma grande aventura. Pois é minha gente, o futuro já chegou, e a realidade aumentada está aí para competir com o nosso dia a dia.

Mais sobre: oculus_rift, computador, realidade
Share Tweet
DESTAQUES
Mais compartilhados
Comentários