Apple e IBM se unem a Japan Post Holding para ajudar os idosos do país

De acordo com a agência de notícias Reuters, a toda poderosa empresa da maçã e a IBM se aliaram a "Japan Post Holdings" em uma tentativa de melhorar os serviços de monitoramento e cuidados para idosos no Japão.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Segundo as informações, a Apple irá doar 5 milhões de iPads a instituição até 2020. O programa tem com meta manter os velinhos conectados a seus familiares, seus médicos e a sua comunidade. A IBM em contrapartida irá trabalhar junto com a empresa japonesa para desenvolver softwares para os iPads, habilitando assim o serviço nacional de correios do Japão a cuidar de clientes idosos.

A iniciativa foi anunciada em uma entrevista coletiva na sede da IBM em Nova York, o evento contou com a presença dos presidentes-executivos da Apple, IBM e da Post Holdings.

Leia também:

Tim Cook, CEO da Apple, chegou a elogiar as vendas do iPad e iPhones no Japão, defendeu o iPad como sendo uma ferramenta importante para melhorar os cuidados de familiares e pacientes idosos: "A Apple viu uma aceitação significativa de iPhone e iPads no Japão e assim acreditamos que essa iniciativa possui um potencial para causar um impacto global, uma vez que muitos países do mundo tem tido que lidar com uma população cada vez mais idosa; estamos honrados em poder ajudar os cidadão sêniors do Japão a enriquecer as suas vidas; o iPad é incrivelmente intuitivo e fácil de usar, possui várias funções de acessibilidade, fazendo dele o dispositivo ideal para manter os idosos conectados e engajados".

Ainda em relação à parceria, as empresas afirmaram que esperam que a tecnologia ajude os idosos a resolver sozinhos os problemas de um jeito mais simples, uma vez que os pacientes serão capazes de determinar a quantidade de dados que desejam compartilhar.

A população idosa do Japão corresponde a um percentual de 25%, devendo chegar a 40% nos próximos 40 anos. Vale ressaltar que a Apple e IBM afirmaram que se a união se mostrar viável, a iniciativa poderá ser estendida para outros países.

Mais sobre: Apple, IBM, tecnologia
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.