Executivo do Google morre em avalanche no Everest

Morreu neste sábado, 25 de Abril de 2015, um dos executivos do maior site de buscas do mundo; Dan Fredinburg era chefe de política de privacidade do Google X.

Por | @oficinadanet Internet

A informação foi revelada por uma mulher que se identificou como irmã de Fredinburg, onde ela declarou que seu irmão sofreu trauma na cabeça após uma avalanche o atingir no monte Everest. Dan estava acompanhado de dois colegas do Google que sofreram ferrimentos mas passam bem.

A avalanche ocorreu em virtude de um forte terremoto com magnitude de 7,8 graus de magnitude que abalou o Nepal e países vizinhos como China, Índia e outros neste sábado. Megan informou o ocorrido em sua conta no Instagram, onde ela descreveu o seguinte: “Eu sou Megan a irmã mais nova de Dan e com muita dor que informo a todos que gostavam dele que durante uma avalanche no Everest nesta manhã nosso Dan sofreu um sério ferimento na cabeça e não sobreviveu”.

Executivo do Google morre em avalanche no Everest

Além da irmã do executivo, a companhia também informou a morte de Fredinburg, onde o diretor de privacidade do Google, Lawrence You, postou a seguinte nota:

"No início desta manhã, Nepal experimentou o pior terremoto de sua história, registrando 7,8 na escala de Richter. Relatórios atuais são de que mais de 1.000 pessoas foram mortas. É uma tragédia terrível. Infelizmente, perdemos um dos nossos próprios nessa tragédia. Dan Fredinburg, um membro de longa data da organização Privacy em Mountain View, estava no Nepal com outros Googlers para escalar o  monte Everest. Ele faleceu. Os outros Googlers que estavam com ele estão seguros e nós estamos trabalhando para levá-los para casa rapidamente. A equipe de "Resposta a Crises" enviou Person Finder para o Nepal, e este está trabalhando para obter imagens de satélite atualizadas para ajudar no esforço de recuperação..., nossos pensamentos estão com o povo do Nepal e com a família e amigos de Dan durante este tempo terrível".

Dan Fredinburg era formado em Ciências da Computação e trabalhava no Google desde 2007, sendo chefe de políticas de privacidade do projeto “Google X”, além de executivo do maior site de buscas, Fredinburg também era co-fundador de uma organização sem fins lucrativos de mudança climática denominada de "Save The Ice" , e um acelerador de arranque em San Francisco chamado "The Laundry" , que se concentrou em trazer a tecnologia para os mercados emergentes.. Fredinburg estava em Katmandu desde o final de março para a realização da escalada, sendo que esta não era a primeira vez que o executivo enfrentava o desafio na montanha mais alta do mundo.

No último ano, em Abril de 2014, o executivo do Google escapou de outra avalanche, que levou a morte 16 xerpas (ajudantes dos alpinistas nas escaladas). Na avalanche deste sábado além de Fredinburg, pelo menos dez pessoas perderam suas vidas segundo autoridades do Ministério do Turismo local e uma brasileira poderá estar entre essas pessoas; esse número ainda pode subir e incluir mais estrangeiros.

O terremoto aconteceu por volta da 3 horas e 11 minutos no horário de Brasília, a 77 km ao noroeste de Katmandu e a 15 km de profundidade.

Fonte: recode.net/ g1.globo.com

Mais sobre: Internet Google Meio Ambiente
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo