Microsoft fecha parceria com Samsung, Dell e mais nove empresas

Mesmo contrariada em produzir dispositivos móveis com Android, a Microsoft quer estar presente no ecossistema do Google e com isso está fechando uma parceria que engloba onze empresas, entre elas a Dell e a Samsung.

Por | @oficinadanet Smartphones

A estratégia da companhia de Redmond é a de continuar a apostar em formas que possam levar as versões móveis de seus produtos para além do ecossistema Windows Phone; com essa iniciativa, os próximos tablets distribuídos no mercado pela fabricante sul-coreana Samsung, já poderão ter pré-instalados alguns produtos da Microsoft, bem como o Skype, One Drive e OneNote.

Tal acordo foi anunciado ontem, 23 de Março, pela própria Microsoft, mas a mesma não deu maiores detalhes a respeito de quais os dispositivos irão incluir as suas aplicações. O anúncio apenas se refere ao acordo fechado, que inclui uma série de produtos e que o mesmo já iniciará neste primeiro semestre de 2015.

De acordo com informações do TechCrunch, a Samsung e a Microsoft não informaram quais aparelhos móveis que irão receber os software extra, apenas se ficou sabendo que algumas linhas de produtos móveis da empresa sul-coreana é que irão receber os novos produtos oferecido pela empresa de Redmond. Vale salientar que alguns aplicativos da Microsoft já estão presentes no Galaxy S6 e S6 Edge, mas os mesmos não substituem os aplicativos do Google.

Microsoft fecha parceria com Samsung, Dell e mais nove empresas

Leia também:

Esses mesmos apps virão pré-instalados em tablets Android da Dell, da Pegraton e de outras nove empresas da região asiática. Vale informar também que os aplicativos do Google continuarão instalados nesses aparelhos.

Outra informação que foi repassada é a de que os "novos" apps da Microsoft instalados em aparelhos da Samsung, são impossíveis de serem desinstalados, sendo apenas possível desativá-los, assim sendo, eles sumirão da tela de aplicativos, mas continuarão a ocupar espaço no dispositivo.

Em um comunicado, a vice-presidente executiva da Microsoft, Peggy Johnson, informa que: "Esse acordo fechado com as doze empresas é uma meta de visão da Microsoft, que está focada em dispositivos móveis e serviço na nuvem, tornando estes serviços disponíveis no dispositivo em vez de exigir que os usuários destes aparelhos os baixem separadamente".

Mais sobre: apps, mobile, Microsoft
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários