Praga digital para iPhone captura chamadas e mensagens de texto

Malware próprio para iPhone rouba informações e até aciona gravação de áudio.

Por | @oficinadanet Smartphones

Uma nova praga no mundo tecnológico acaba de ser divulgada. Desta vez, a vítima é nada mais que o "inabalável" iPhone. A descoberta foi feita pela fabricante de antivírus Trend Micro, que revelou que o código malicioso ataca iPhones equipados com o iOS 7. Nomeado de "XAgent", o código malicioso é capaz de capturar dados do aparelho, como chamadas, mensagens de texto, fotos, localização, e ainda pode iniciar o microfone do aparelho para gravação de voz.

A empresa revelou que o código foi usado como instrumento de ciberespionagem na operação "Pawn Storm" (Tempestade de Peões, em português). A ação foi revelada somente em outubro de 2014, porém, deve ter iniciado em 2011 e deve continuar capturando informações. Conforme a Trend Micro, a espionagem teria fins políticos e financeiros. A equipe de especialistas da Trend Micro informou que o código é muito bem estruturado, sendo capaz de se comunicar com servidores de controle para enviar dados e ainda receber comandos.

Leia também:

Depois de infectar um aparelho iOS7, o XAgent funciona em segundo plano, já que esconde seu próprio ícone. Assim, caso o usuário o feche, imediatamente a praga volta à ativa. Os pesquisadores acreditam que ele tenha sido programado antes do lançamento do iOS8, já que ele não consegue ocultar o ícone, bem como continuar em operação após ser fechado no SO mais atualizado.

Praga digital para iPhone captura chamadas e mensagens de texto

Ainda não se sabe como o XAgent infecta os iPhones, porém, os especialistas dizem que não há necessidade do aparelho estar desbloqueado com jailbreak para isso acontecer. No entanto, já foi visto um exemplo em que o XAgente usa como isca a mensagem "Toque aqui para instalar o aplicativo". O app usa então o aprovisionamento da Apple ad hoc, um método de distribuição padrão da Apple exclusivo para desenvolvedores de aplicativos iOS.

Para evitar qualquer tipo de ataque, a dica é nunca baixar aplicativos não oficiais, ou seja, que não pertencem à loja da Maçã. A Apple também recomenda que os downloads devam ser realizados apenas na AppSore e não nas lojas de terceiros.

Mail Online, Hacked

Mais sobre: ios apple malware
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo