LG passará a usar nova tecnologias em suas TVs a partir de 2015

LG promete lançar televisores com nova tecnologia em 2015, onde segundo porta-voz da empresa, esses aparelhos irão oferecer uma qualidade de imagem infinitamente superior a apresentada hoje nos modelos da marca existente no mercado.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Terça-Feira, 16 de dezembro; de acordo com um porta-voz da LG Electronics, declarou ele nesta terça-feira, que a companhia começará a comercializar produtos com tecnologia quântica no começo de 2015, ou seja, a LG promete revolucionar o mercado de televisores com uma nova categoria de aparelhos que prometem uma enorme qualidade de imagem; qualidade essa superior a que é oferecida hoje nos televisores OLED e custam demais para a maioria dos consumidores.

Segundo o porta-voz da empresa sul-coreana, os pontos quânticos são pequenos cristais que medem entre dois a dez nanômetros e que podem variar de tamanho dependendo das cores que irão reproduzir, podendo ainda ser controlados com grande precisão, o que irá ajudar na reprodução de cores com maior fidelidade e realismo.

Os novos televisores da LG terão a partir de então, ultra-alta definição de imagem e esses aparelhos com definição de tela Ultra HD, já poderão ser vistas na próxima edição da CES 2015, que ocorrerá em janeiro do próximo ano.

De acordo com o Mashable, as gamas de cores de um aparelho de televisão com pontos quânticos são 30% maior do que os tradicionais televisores LED. Além disso, o preço desses equipamentos custa cerca de um terço mais baixo que os televisores OLED, que são considerados caríssimos; para termos noção do alto valor cobrado por esse modelo de televisão, na Coreia do Sul no começo de 2014, uma televisão de ultra-alta definição de 65 polegadas OLED, custava US$ 10.993; um aparelho com pontos quânticos da Sony na mesma polegada, custa em média US$ 3.799, isso de acordo com o próprio site da empresa.

Vale ressaltar que até o momento a empresa japonesa Sony é a única empresa fabricante de televisores a comercializar modelos com pontos quânticos.

Além de reduzir o valor cobrado pelos televisores, a nova tecnologia que está sendo desenvolvida pela LG promete não usar mais os famosos “quantum dots de cádmio” que eram usados até hoje na produção desses aparelhos. O cádmio é uma substância considerada tóxica.

Segundo alguns analistas de mercado, informam que a LG poderá levar anos até alcançar o seu real objetivo. É o que veremos!

Mais sobre: LG, Televisores, Tecnologia
Share Tweet
DESTAQUES
Mais compartilhados
Comentários