WhatsApp adota novo sistema de criptografia

Sistema de criptografia empregado no WhatsApp permite total segurança aos usuários.

Por Redes sociais Pular para comentários
WhatsApp adota novo sistema de criptografia

Usuários do mundo todo ficaram insatisfeitos com a inclusão das duas setas azuis que identificava uma mensagem quando era lida.  Após o desconforto, o WhatsApp liberou uma atualização capaz de bloquear as setas. Seguindo o assunto privacidade, na última atualização o serviço de mensagens instantâneas também incorporou um sistema de criptografia padrão.

O sistema, considerado o maior já implantado em um serviço de troca de mensagens, só é possível graças a parceria entre o WhatsApp e a Open Whisper Systems, que utiliza um código aberto na construção do recurso. Para Android o serviço já está disponível. Ainda não há informações de quando os demais sistemas receberão a atualização.

Com a criptografia empregada no WhatsApp, a segurança é ainda maior, já que apenas os usuários que trocam conversas podem ter acesso ao conteúdo. Com isso, nem a empresa possui acesso a essas mensagens, nem sob ordem judicial. Por enquanto, apenas mensagens de texto em conversas individuais são criptografadas, mas conversas em grupo e conteúdos multimídia também devem ser receber o recurso em breve.

Atualmente, o único serviço de troca de mensagens instantâneas a adotar este sofisticado recurso de criptografia é o WhatsApp. O serviço conta com mais de 600 milhões de usuários. 

"Este nível de privacidade tipicamente é encontrado em software menor, focado em segurança, então é empolgante vê-lo acontecer nesta escala", diz Moxie Marlinspike, pesquisador de segurança que é um dos cofundadores da Open Whisper Systems.

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias de Redes sociais