WhatsApp para Android permite a exclusão da dupla seta

Usuários Android já podem contar com a volta da privacidade no WhatsApp!

Por | @oficinadanet Redes sociais

O famoso aplicativo de conversas instantâneas sofreu muitas críticas nos últimos dias por parte de seus milhares de usuários. O motivo: a inclusão de setas que indicavam quando o destinatário recebia uma mensagem. Porém, após todo o alvoroço, o recurso que avisa o usuário que o seu contato já viu a mensagem já pode ser desabilitado. Por enquanto, apenas usuários Android possuem essa opção.

Para atualizar o WhatsApp é necessário baixar o aplicativo novamente através do site www.whatsapp.com/android. Por enquanto, a versão 2.11.444 do aplicativo só pode ser baixada através do site do serviço, porém, em breve chegará ao Google Play e também para outras plataformas, como iOS e Windows Phone.

WhatsApp para Android permite a exclusão da dupla seta

Caso o seu aparelho não aceite baixar um aplicativo de terceiro, no caso do site do Whatsapp, é necessário liberar o download. Para isso, é necessário ir em configurações do sistema, segurança e na área de administração, encontre uma opção que autorize a instalação de programas de fontes desconhecidas.

Leia também:

Após realizar o download da nova versão do WhatsApp, não esqueça de manter a proibição de downloads de aplicativos de fontes desconhecidas.

Após instalar a versão 2.11.444, que é a única que permite desativar a notificação de leitura, é necessário entrar em Configurações>Informações da Conta>Privacidade.

A opção para desmarcar a notificação de leitura está em inglês e se chama Read Receipts. O serviço oferece um aviso de que após desmarcar o recurso a dupla seta azul irá desaparecer.  Após a atualização, as setas azuis desaparecerão por completo, e o usuário que optou pelo fim do aviso não poderá mais ver quando o seu contato receber uma mensagem, o mesmo acontece com o destinatário, a leitura das mensagens não serão mais informadas.

Mais sobre: whatsapp seta azul
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo