Aplicativo Uber é temporariamente proibido na Alemanha

O Uber é um aplicativo que permite a seu usuário “alugar” um carro com motorista, sendo uma espécie de táxi sem taxista ao volante.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Aplicativo que permite a seus usuários obter transporte rodoviário privado denominado de Uber, foi proibido temporariamente na Alemanha pelo tribunal de Frankfurt.  O mesmo já havia sido proibido em Hamburgo e Berlim, sendo que a partir de agora a medida é válida para o resto do país por acreditar que o mesmo não respeita a lei alemã.

A associação Taxi Deutschland avançou com um processo judicial contra o que considera ser um serviço de transporte irregular e sem autorização, e acusa a Uber de concorrência desleal, uma vez que ele não está sujeito às mesmas regras impostas ao serviço tradicional. O descumprimento da lei a partir de agora obrigará ao Uber pagar uma multa de $ 250 euros por cada passageiro que transportar.

Mas não é só na Alemanha que o serviço vem recebendo várias críticas, em Portugal, mais precisamente em Lisboa, no mês de julho o presidente da Associação Nacional dos Transportes Rodoviários em Automóveis Ligeiros – ANTRAL, também fez duras críticas a respeito do aplicativo, onde o considerou ilegal por não respeitar as leis que regulamentam o setor de transportes.

A empresa norte-americana, dona do serviço, informou que irá recorrer da decisão e avisa:“A Alemanha é um dos mercados da Uber que está crescendo mais recentemente na Europa. Assim continuaremos a operar na Alemanha e iremos recorrer no recente processo judicial”, reage fonte oficial da empresa, numa declaração enviada ao PÚBLICO. E continua: “Não se pode travar o progresso. A Uber continuará as suas operações e a oferecer o serviço de viagens partilhadas Uberpop através da sua aplicação por toda a Alemanha.”

Mais sobre: Uber Alemanha táxi
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo