Twitter poderá ajudar a polícia na prevenção de crimes, segundo estudo

A participação das redes sociais na vida offline tem cada vez maior participação, esta notícia do estudo pode ajudar a polícia mundial a tentar prevenir possíveis crimes.

Por | @nmuller99 Redes sociais

Quem assistiu o filme Minority Report pode pensar que é um dejavú, mas segundo um estudo americano da Universidade da Virgínia, a análise de tweets permite prever 19 entre 25 formas de crimes, especialmente assédio, perseguição, roubo e algumas formas de agressão.

Um dos responsáveis pela investigação, Matthew Gerber, explicou que "as pessoas publicam tweets sobre as suas atividades quotidianas" o que permite a analistas perceber o contexto que as rodeia e, assim, prever possíveis crimes. As conclusões podem surpreender porque, é claro, as pessoas raramente tuítam diretamente os crimes que vão cometer, diz Gerber.

No entanto, embora os tweets não tenham relação direta com um crime, eles contém elementos valiosos sobre as atividades de seus autores ou sobre seu bairro e seu entorno. Gerber e os seus colegas analisaram os twittes de alguns locais de Chicago, ajudados pela base de dados de criminalidade na cidade.

Leia também:

Assim, conseguiram fazer previsões sobre as regiões onde há risco de ocorrer determinados tipos de crimes, o que pode ser útil para a dotação orçamental de segurança ou para a mobilização de agentes para o local.

Isto permitirá elaborar uma cartografia das áreas de fama duvidosa, que funcionará como uma ferramenta útil para prever o crime."

Como mencionamos no início desta notícia, as redes sociais e tecnologias estão aí para serem utilizadas em nosso cotidiano, assim como muitos a usam para o mal, podemos tratá-la de trazer benefícios para a sociedade, e se este estudo estiver certo, por mais distante que esteja de poder ser utilizado por todos, já é um grande avanço para combater parte da criminalidade que assola o nosso país.

Mais sobre: twitter crimes seguranca
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar