Após compartilhar pornografia infantil na Campus Party, suspeitos são presos

Pedófilos são presos durante a Campus Party Brasil, em SP.

Por | @RafaelaPozzebon Internet

Dois homens foram presos em flagrante na tarde do último sábado (1º) ao compartilhar pornografia infantil durante a Campus Party, no Anhembi, na em São Paulo. De acordo com o delegado da Delegacia de Atendimento ao Turista (Deatur), Osvaldo Nico Gonçalves, os envolvidos são um biólogo, de 30 anos, e um metalúrgico, de 26.

O delegado explicou que a polícia foi avisada pelos próprios participantes do evento sobre o fato, eles ainda rastrearam o I.P, dos computadores dos suspeitos que estavam distribuindo o material com pornografia infantil.

O crime, que é previsto no artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), será cumprido na prisão, já que foi em flagrante. Os envolvidos foram transferidos para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pinheiros, na Zona Oeste da capital. 

Através de nota, a organização da Campus Party confirmou a prisão dos dois suspeitos de compartilhar material contendo pornografia infantil.

 "Assim que identificados, os suspeitos foram encaminhados pela equipe de segurança do evento para a delegacia mais próxima", diz o comunicado.

A Campus Party informou ainda "que monitora todo o sistema de internet fornecido", e condenou "qualquer tipo de ato ilícito, além de colaborar com as autoridades para que qualquer ilegalidade dentro da rede seja combatida".

Mais sobre: pornografia infantil, campus party, São Paulo
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar