Doutorandos afirmam: Facebook vai perder 80% de seus usuários

Cientistas norte-americanos prevêem queda de 80% dos usuários da rede social até 2017

Por | @nmuller99 Redes sociais

Segundo teste de cientistas, que ainda carece de revisão por outros pesquisadores, a rede social vive hoje seu ápice com 1,1 bilhão de usuários registrados. A afirmação veio de dois doutorandos em engenharia mecânica e aeroespacial da Universidade de Princeton, onde foi publicada em artigo na edição online do arquivo de pesquisas científicas, ArXiv.org.

Nova notícia: Facebook faz piada com a tese dos doutorandos

Baseado na expansão e posterior desaparecimento do MySpace, precursor do Facebook, John Cannarella e Joshua Spechlere estimam que a rede social mais importante do mundo, que reuniu mais de 1,1 bilhão de usuários nos seus quase dez anos de existência, dirige-se hoje para uma queda brutal.

"Assim como acontece com as doenças, as ideias parecem se disseminar como infecções entre as pessoas antes de acabar morrendo, o que tem sido descrito com sucesso em modelos epidemiológicos", escreveram.

Os cientistas aplicaram um modelo epidemiológico modificado para descrever a dinâmica dos utilizadores das redes sociais, utilizando dados do Google que são de domínio público.

Apesar deste parecer dos dois pesquisadores, o Facebook goza de boa saúde, os preços em ascenção tornaram da chefe de operações do site Sheryl Sandberg, a mais nova bilionária do setor de TI. Com apenas 29 anos, Zuckerberg tem uma fortuna pessoal estimada em cerca de US$ 19 bilhões.

A conclusão do estudo é que o Facebook, alcançou o seu pico, e deverá agora "conhecer um rápido declínio", tornando os estudos legítimos, segundo os quais os mais jovens utilizadores da rede social começarão a deixá-la.

Mais sobre: facebook, redes sociais
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários