O que é e como criar um Hackintosh?

Quem nunca teve vontade de experimentar um produto Apple? E ainda melhor, sem gastar nada. Esse artigo ajudará você a descobrir os passos necessários para criar seu próprio Hackintosh, com o Snow Leopard.

Por | @oficinadanet Softwares

O Hackintoch nada mais é que a instalação do Mac OS X em um computador qualquer. Sempre é dito que o sistema da Apple só funciona com junto com o hardware próprio, porém é possível sim fazer funcionar. No entanto, isso depende muito da configuração do seu computador. Ps: nem tente fazer em um PC com processador inferior ao Core 2 duo.

Um pouco de história

O Mac é comercializado desde janeiro de 1984, foi o primeiro computador pessoal a popularizar a interface gráfica, e ganhou espaço no mercado por isso, tanto que hoje em dia se deseja desempenho e beleza a opção é um Mac.

A empresa já aderiu diferentes processadores como da família da Motorola, IBM, e PowerPC. No final escolheu da Intel, e claro, os hackers de plantão já pensaram na possibilidade de fazer um sistema operacional da Apple funcionar em um computador comum. Mas a Apple foi mais esperta e pediu a Intel para criar um próprio sistema de boot o EFI, para que funcionasse apenas de conjunto com o hardware do Mac. O que percebe-se que não funcionou bem.

Curiosidade: O primeiro Hackintosh foi feito por Brasileiros. Uma empresa paulista, a Unitron, sabendo que estava difícil conseguir Macs para o Brasil, criou o Mac 512, uma cópia praticamente exata do Macintosh 512K, também conhecido como Fat Mac. Porém o Mac 512 da Unitron nunca foi comercializado e a empresa fechou as portas no final de 1988.

O Snow Leopard costuma funcionar bem em computadores com processador Intel a partir do Core 2 duo. Não é certeza que funcione no seu computador em especial, caso não consiga pesquise pelo material relacionado a placa mãe do seu computador e configurações.

Itens necessários:

  • Cd original do Snow Leopard;
  • Cópia do iBoot;
  • Experiência com hardware e muita vontade de pesquisar.

É importante lembrar que algumas versões são ilegais, modificadas e podem não ter um funcionamento tão eficiente quanto o retail. Portanto, vale mais a pena pagar R$ 60,00 reais em um "original" e poder usar sem problemas no computador que desejar.

O que é e como criar um Hackintosh?

Leia também:

Se não quer colocar seu computador em risco, ou não tenha tanta certeza do que está fazendo, é recomendável fazer o uso de uma máquina virtual, como exemplo o VirtualBox, ou VMWare Player, é uma opção bem interessante como teste. E ainda tem a possibilidade de fazer dual boot com Windows e Mac. 

Para o que serve o iBoot?

O iBoot roda um software chamado Chameleon que simula o EFI- software responsável pelo processo de boot em computadores Mac - com o iBoot o sistema vai enxergar o seu computador como um Mac e iniciar a instalação sem problemas.

Para sua máquina iniciar pelo Cd é necessário mudar a ordem de boot:

Pressione repetidas vezes “DEL” assim que o computador ligar, com isso você vai entrar na BIOS. Para navegar dentro da BIOS, use as setas do teclado. Para sair de alguns menus é preciso usar a tecla “ESC”. 

O que é e como criar um Hackintosh?

Vá para a tela de Boot. Caso seu HD esteja na primeira opção altere para segunda, deixando o CD/DVD como primeira, para o iBoot iniciar.

O que é e como criar um Hackintosh?

Feito isso basta certificar-se que sua controladora SATA está configurada para modo AHCI

O que é e como criar um Hackintosh?

Saia com “F10″ e “Enter” para salvar as alterações.

Com tudo configurado, inicie o computador com o iBoot na máquina, depois é só trocar o Cd pelo Snow Leopard e atualizar com o “F5”. A partir daí é torcer para a instalação continuar sem erros.

Se o iBoot não funcionar, além dele existem diversas versões por ai, como o snowBoot.

Mas ainda tem uma salvação, os comandos: 

-F 

Ignora a configuração de boot

-V  

Para identificar erros

arch=i386 

Força a inicialização em 32 bits
-X  Inicia no "modo segurança"

No site Hackintoshworld você encontra tutoriais e uma lista de flags e códigos e suas respectivas definições como ajuda.

Parâmetros de kernel

Onde escrever?

Se houver necessidade de inserir algum código vai reparar que não tem nenhum lugar especifico para escrever, mas basta começar a digitar que imediatamente uma caixa de texto se torna visível.

No processo de instalação não tem segredo algum, basta formatar a partição onde o sistema será instalado. Você pode conferir o manual de instalação no site da Apple, na área de suporte disponibilizado para tirar eventuais dúvidas. O  guia completo em Pdf encontra-se aqui.

A parte mais complicada é achar os Kexts certos de acordo com a necessidade do seu computador, os kexts são os drivers. Softwares como Kext helper e kext Utility ajudam na busca dos kexts certos para seu computador.

Esse pode auxiliar na busca dos Kexts:

Leia também:

Com tudo configurado e funcionando, a última coisa a fazer é instalar o Chameleon para que o sistema possa iniciar sem a necessidade de inserir o iBoot.

Em caso de erros, como já foi dito antes, lembre-se que o Google é seu amigo e uma busca como “Hackintosh + configuração do seu pc” pode trazer vários tutoriais e manuais úteis.

Não é tão simples quanto parece, o conhecimento em hardware é necessário, o básico ao menos, e é necessário muita paciência, várias buscas. Se tempo e paciência não é o seu caso, preste atenção nos próximos tópicos:

iDeneb

iDeneb é uma versão modificada do Mac OS X Snow Leopard desenvolvida por "Layne" e o time iHackintosh para rodar o Mac OS X em computadores não Apple Inc.. Esta versão pode ser executada em computadores Intel e AMD. A versão atual, iDeneb 10.6.8, possui suporte para computadores netbook, Chamaleon v2 bootloader e suporte adicional.

iATKOS

iATKOS é uma versão modificada do Mac OS X criada pela comunidade "OSx86", que tem por objetivo permitir a instalação do Mac OS X em computadores pessoais comuns. Esta versão roda em computadores Intel e AMD e suporta HD´s particionados em Guid Partition Table e MBR. É possível criar dual-boots.

Essas versões já vem em imagem ISO, completas e configuradas dependendo da configuração do seu computador, novamente, basta fazer uma busca. É prático pois já possui o software para simular o EFI, dependendo da versão que achar os kexts já estão inclusos. Porém, é diferente de comprar uma versão distro, e é considerado ilegal. Por conta do conhecimento, é interessante que saibam sobre essas versões por oferecer maior praticidade na hora da instalação.

Esperamos que esse artigo tenha lhe iluminado quanto ao que é um Hackintosh e quem sabe trocar o sistema operacional de seu computador. Lembrando que não estamos incentivando nenhuma troca de sistema operacional e nem propagando sistemas alternativos ao padrão de fábrica estabelecidos pelas marcas.

Mais sobre: oquee, hackintosh, como
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar