Lulu: Somente homens cadastrados podem ser avaliados

Mulheres não poderão mais avaliar homens que não estiverem cadastrados no Lulu.

Por | @oficinadanet Redes sociais

A partir desta segunda-feira (16) o Lulu contará com uma nova regra. Agora, apenas os homens que baixaram o aplicativo e se cadastraram no serviço poderão ser avaliados. As informações são da desenvolvedora Luluvise.

A mudança é válida somente no Brasil e os usuários que não se cadastraram até então terão as suas avaliações indisponíveis. Conforme Deborah Singer, executiva de marketing do "Lulu", a mudança foi implementada para mostrar apenas "garotos abertos ao 'feedback' de suas amigas e às recomendações de milhões de garotas".

"A missão do Lulu é construir a primeira rede privada para garotas compartilharem informações e tomarem decisões mais inteligentes. Nós sabemos que há mais #BonsPartidos no Brasil, por isso criamos essa novidade para trazer esses garotos para o 'Lulu'", diz Singer em comunicado enviado à imprensa.

Lulu: Somente homens cadastrados podem ser avaliados

Leia também:

O aplicativo, exclusivo para mulheres, deixou muitos homens incomodados com as notas e também as hashtags que os designavam. Por possuir conexão direta com o Facebook, todos os amigos das mulheres na rede social podiam ser avaliados sem qualquer aprovação prévia, e os perfis só podiam ser vistos pela mulherada.

O Lulu começou a circular no final de novembro e desde então está causando grande alvoroço. Vale lembrar que um estudante acionou o aplicativo na justiça e um advogado de Goiás conseguiu judicialmente a remoção do seu perfil.

Mais sobre: lulu autorização homens
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo