Tubby não passa de uma pegadinha, revelam criadores em vídeo

Vídeo de lançamento do Tubby esclarece que app não passa de uma grande brincadeira.

Por | @oficinadanet Smartphones

O tão aguardado dia do lançamento do já famoso aplicativo iria ocorrer nesta sexta-feira (6), porém, ao que tudo indica, o Tubby não passou de uma grande brincadeira. O app prometia revanche ao Lulu, responsável por avaliar os homens.

Após várias reclamações por parte das mulheres, o app virou caso sério, o Ministério Público de Minas Gerais, inclusive, proibiu o lançamento do Tubby, baseado na Lei Maria da Penha.

No entanto, na madrugada de quinta para sexta-feira um vídeo foi publicado na conta do YouTube do app e replicado no site oficial. No vídeo, os desenvolvedores do aplicativo afirmam que ele será realmente lançado e que o investidor do Tubby fará um comunicado.  Nesta hora o investidor Kim Seok Jim entra em cena e fala que o app passou por dificuldades técnicas e jurídicas, o que acabou adiando o lançamento. Para finalizar, ele promete que o Tubby irá pagar as eventuais multas e também que será lançado para Windows Phone.

Os usuários que tentaram baixar o aplicativo na App Store eram direcionados ao vídeo automaticamente. No Google Play, até é possível fazer o download, porém, após baixado o app, surge o comunicado.

Tudo muda com a ativação de legendas no player nos próprios comentários do vídeo no YouTube. Com isso, o comentário de Kim possui outro significado. Kim, na verdade é o artista Pyong Lee, participante do canal de humor cuboX. Ele pergunta aos usuários se “caíram nessa bobagem”.

Pyong ainda critica a iniciativa e diz que "2014 já está chegando e ainda tem gente querendo regredir pra 6ª série, dando notas pra pessoas do sexo oposto". Além disso, ele diz que "pessoas não são objetos, e a intimidade de um relacionamento, por pior que tenha sido, não pode ser exposta dessa forma".

Pois é, como vimos, todo esse alvoroço não passou de uma grande pegadinha. E você, já estava animado com a novidade?

Veja também: Justiça de MG proibe lançamento do Tubby no Brasil.

Mais sobre: tubby lulu brincadeira
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo