Motorola registra patente de microfone colado no pescoço

Motorola, que pertence ao Google, registra patente microfone em forma de tatuagem.

Por | @RafaelaPozzebon Tecnologia

A Motorola registrou patente, nos Estados Unidos, de um dispositivo classificado na categoria de tecnologia vestível. O acessório, ainda sem nome, seria implantando sobre a pele na região do pescoço, como um adesivo, ou mesmo uma tatuagem.  Ele seria capaz de captar as vibrações das cordas vocais do usuário para poder repassar para um microfone conectado via Bluetooth ou NFC com um dispositivo móvel.

De modo simples, seria apenas necessário colocar o microfone no pescoço para iniciar uma conversa no celular.  Conforme os documentos da patente, o uso do dispositivo sobre a pele seria bastante benéfico, já que abafaria qualquer tipo de ruído, podendo assim, ser usado em vários ambientes.

No documento de pedido explica que a “tatuagem” seria capaz de identificar as “flutuações do músculo ou do tecido da garganta” e ainda enviar si dados para smartphones e também outros dispositivos móveis sem a necessidade de uso de fios.

A Motorola não especificou se a tatuagem será removível ou fixa, ou mesmo se é semelhante a um adesivo.

Vale notar que a Motorola foi adquirida pelo Google no ano passado e longe das notícias até o lançamento do seu smartphone Moto X.

 

Mais sobre: adesivo, tatuagem, motorola
Share Tweet
DESTAQUES
Mais compartilhados
Comentários