Polícia americana testa bala com GPS em perseguições

Balas com GPS é a nova aposta da polícia americana em perseguições em alta velocidade.

Por | @RafaelaPozzebon Tecnologia

A polícia de quatro Estados americanos está testando um novo método para localizar veículos perseguidos. A ideia agora é usar uma bala com GPS (Sistema de Posicionamento Global) para rastrear possíveis criminosos.

A tecnologia, chamada de Starchase (nome da empresa que a desenvolveu) tem como objetivo principal tornar as perseguições em alta velocidade mais seguras, permitindo que a polícia possa monitorar o trajeto dos suspeitos.

“Esta nova tática está se provando importante para a polícia. (Graças às balas) Foi possível desde resgatar meninas vítimas de tráfico humano até parar motoristas bêbados ou sob influência de drogas", disse Trevor Fischbach, presidente da StarChase.

O funcionamento é simples: de dentro do carro a polícia aciona um botão localizado no painel que dispara uma bala que está localizada dentro de uma caixa acima do para-choque dianteiro.

Polícia americana testa bala com GPS em perseguições

A bala então gruda no automóvel da frente e a polícia tem total controle sobre sua trajetória. Com esse método há menos chances de colocar a vida dos próprios policiais, e ainda de terceiros em risco. A perseguição policial pode ser interrompida e iniciada novamente quando os policiais julgarem a situação mais segura.

Cada bala vale US$ 500 e a instalação do equipamento no veículo custa US$ 5 mil.

A bala com GPS está sendo utilizada nos Estados de Iowa, Flórida, Arizona e Colorado e a empresa desenvolvedora do sistema também pretende levar o sistema para a Grã-Bretanha. Veja o vídeo (em inglês):

Mais sobre: bala, gps, perseguições
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.