Altos impostos são o grande empecilho para o crescimento da Nintendo no Brasil

Para presidente da divisão americana da Nintendo, é mais fácil vencer a pirataria do Super Mario Bros 3 que transformar o mercado brasileiros de games.

Por | @RafaelaPozzebon Games

O presidente da divisão americana da Nintendo, Reggie Fils-Aime, em uma entrevista a Blommberg, disse que o Brasil representa um grande potencial para os negócios da empresa, no entanto, igualmente a concorrência, os altos impostos de importação do país ainda é um grande obstáculo. De acordo ainda com a publicação, vencer a pirataria do Super Mario Bros 3 é mais fácil que transformar o mercado brasileiro de jogos.

Os preços dos produtos acabam ficando altos em virtude das altas taxas de importação. Um bom exemplo disso é o valor do PlayStation 4, da Sony, que custa no país R$ 4 mil. O Brasil também é o país que possui o iPhone 5 mais caro do mundo, que custa R$ 2.299.

Altos impostos são o grande empecilho para o crescimento da Nintendo no Brasil

Leia também:

Os consoles da Nintendo custam em média US$ 1.000 (cerca de R$ 2.184). Tal valor é três vezes maior que nos Estados Unidos.

A publicação cita ainda que os altos impostos servem para incentivar a fabricação local. Por esta razão, a Nintendo já estuda a possibilidade de produzir alguns de seus equipamentos no Brasil. No entanto, de acordo com a Fils-Aime, o Brasil ainda não possui a capacidade técnica para produzir um sistema de games da empresa.

A pirataria é outro empecilho da indústria tecnológica. O U.S. Trade Representative (Órgão oficial de representação comercial americana) alertou no início do ano que o Brasil é um dos países que se deve ficar atento quanto à distribuição de produtos falsificados.

Leia o que é pirataria?

Mais sobre: nintendo, impostos, brasil
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.