O que é Meta Space Glasses

Em pleno século XXI, a tecnologia está, cada vez mais, compenetrada em nossas vidas e/ou em nossas atividades cotidianas. É isto que a Meta Space Glasses está propondo com seu produto, se posicionando, sempre, à frente da concorrência.

Por | @oficinadanet Tecnologia

A tecnologia está evoluindo e devemos, muito em breve, utilizar de alguma forma um óculos de projeção 3D, que funcione em alta definição, permitindo compartilhamentos e interações online. As tendências são tão fortes que a ideia vem se disseminando, adentrando ou simplesmente capturando a vida das pessoas. Com um dos últimos lançamentos, Meta, onde a Space Glasses promete desbancar o já concorrente Google Glass. Então nos perguntamos:

O que é Meta Space Glasses?

A empresa Space Glasses está sediada em Vale do Silício. Fruto do visionário Meron Gribetz, que após muito tempo observando seu RayBan preto, teve a “grande sacada”. Tendo como seu copiloto Aussie Ben Sand, os dois, amigos de universidade há algum tempo, começaram os trabalhos. Como mais um empreendimento da Universidade de Columbia, e com a ajuda do professor Steven Feiner, Meron é o primeiro desenvolvedor do kit e da plataforma de realidade virtual, onde os seus usuários são capazes de manipular objetos 3D, com o uso de gestos feitos pelas mãos.

A Meta é um protótipo de realidade aumentada, em Terceira Dimensão, que conta com uma ampla e sofisticada tecnologia, suportando jogos virtuais, reconhecimento facial e inúmeros sensores. Sabe-se que os óculos possuem em suas especificações técnicas:

 

O que é Meta Space Glasses

  1. 1º câmera RGB;
  2. 2º câmera 320x240 com sensor de infravermelho;
  3. 9 graus livres para o sensor (acelerômetro de 3 eixos, giroscópio de 3 eixos, 3 eixos bússola) via USB.
  4. Duas telas LCD com 960x540 pixels cada e com  amplo grau de campo de visão, via HDMI;

A maneira mais fácil de pensar o Meta é que ele é o computador que Tony Stark usa no capacete do Homem de Ferro. Sendo capaz de manter uma tela virtual em sua mesa, esculpir um vaso virtual de barro, ou até mesmo um jogo virtual onde todos os jogadores se interagem entre si.

Os vídeos que seguem, demosntram algumas das funcionalidades do Meta Space Glasses:

Meron Gribetz, como fundador do projeto Meta, afirma que seu objetivo é ir um passo além do que outros protótipos de realidade aumentada já foram, e que outros, simplesmente, oferecem leituras digitais sobrepostas com controle limitado. Este protótipo inicial está exclusivamente disponível no site da Meta Space Glasses, custando em torno de US$667 (cerca de R$ 1.627, sem impostos). Tendo, como previsão de entrega das primeiras peças, abril de 2014, mas esse prazo também pode mudar.

Já o Google Glass, grande concorrente da Meta, é capaz de realizar interação de várias formas, realização de videoconferências, possui comandos de voz, permite enviar chamadas instantâneas, dentre outras funcionalidades. Ainda em fase de testes e com lançamento também previsto para o próximo ano, o Glass será comercializado em um valor cotado em torno de US$ 1,5 mil.

Leia sobre Google Glass! 

Em relação ao Google Glass, Aussie Ben diz: As pessoas não estão encontrando Glass interessante porque é um virtual de post-it na frente de seu rosto. Estamos construindo com Meta toda uma substituição do computador. Ele pode abstrair todas as funções de seus computadores e tablets e fazer muito mais em cima disso.

A Space Glasses já está com projetos e pretende lançar o protótipo Meta em modelos distintos de óculos, o que poderá atrair mais olhares e, também, ampliar o seu público alvo.

E quem irá usar o Meta Space Glasses?

Ao contrário do Google Glass, que possui uma plataforma mais voltada à interação com redes sociais, bate-papo, o Meta, por sua vez, representa uma estilo aparentemente profissional. Porém, ele serve tanto para pequenos consumidores - aqueles que possuem curiosidade ou procuram somente diversão e lazer com o produto - ou, também, os grandes consumidores, que buscam, muitas vezes, o produto com um intuito profissional, de fazer uso deste em suas atividades no trabalho. Enfim, o Meta apresenta um grande leque de opções e funções, que poderão agradar o público em geral. E você, se imagina usando o Meta num futuro não muito distante?

Mais sobre: meta, space, glasses
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.