Documentos secretos indicam que Petrobrás foi alvo de espionagem eletrônica feita pelos EUA

Petrobrás é alvo de espionagem eletrônica feita pelos Estados Unidos de acordo com novas denúncias feitas no programa Fantástico da Rede Globo.

Por | @RafaelaPozzebon Internet

De acordo com novas denúncias a respeito à espionagem eletrônica feita pelos EUA ao Brasil, apontam que a Petrobrás teve sua rede privada de computadores monitorada pela Agência de Segurança Nacional – NSA. A reportagem foi apresentada ontem à noite (08/09) pelo Fantástico, com base em documentos secretos recebidos pelo jornalista norte-americano Glenn Greenwld com o ex-técnico da NSA, Edward Snowden.

Os documentos são do mês de maio do ano passado, mas não informam o tipo de informações obtidas pela NSA. Em nota, a agência norte-america apenas informou ao programa da Rede Globo que não usa as informações obtidas para roubar segredos comerciais de empresas estrangeiras para dar vantagens competitivas a empresas de seu país.

Já a Petrobrás, também em nota, afirmou que não se manifestará a respeito do assunto. Para o governo brasileiro, a preocupação maior é sobre a vantagem indevida que as empresas norte-americanas terão na participação do leilão do campo de Libra, em outubro deste ano, que está avaliado em US$ 15 bilhões e é considerado estratégico para o governo.

Tal assunto muito provavelmente será colocado em pauta na reunião que o ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo Machado, terá com a conselheira de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Susan Rice, nesta terça-feira, 10 de setembro, em nova York.

Mais sobre: Espionagem, Brasil, EUA
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários