Apple pretende registrar palavra startup

Apple pretende registrar o termo "Startup" em vários países. No Brasil, a companhia da maçã realizou a solicitação no ano de 2010.

Por | @oficinadanet Negócios

A Apple pretende registrar o termo “Startup” como sua. Inclusive, a companhia da maçã já apresentou um pedido de registro da marca na última terça-feira (27). A palavra deve abranger vários produtos e também serviços.

A solicitação do pedido foi feito na Austrália, porém, por ser muito recente, o órgão que administra a propriedade intelectual do país ainda não analisou o pedido.  No pedido, a Apple menciona que pretende usar o termo “Startup” em serviços de loja de varejo, instalação e reparação de hardware de computador e outros dispositivos, serviços educacionais, como também na concepção e desenvolvimento de hardware e software de computadores.
De acordo coma revista Wired, a Apple pretende registrar o termo para poder eliminar as operadoras móveis de operação e assim iniciar a venda direta de contratos para os usuários de seus produtos.

De acordo ainda com a publicação, a Apple já tentou registrar o nome em 2011 na China e também nos Estados Unidos. Na ocasião a Maçã conseguiu um registro preliminar para um período de consulta, na qual as pessoas poderiam registrar queixas sobre o pedido da marca. Obviamente que choveu reclamações. Assim, até o dia 20 de setembro a empresa terá que rebater os motivos que foram citados para conseguir o registro da marca nos países mencionados.

Vale notar que no Brasil a Apple também já realizou o pedido de registro da marca “Startup” no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi) em outubro de 2010.

Mais sobre: startup Apple Brasil
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo