Como funcionam os carregadores wireless?

Os carregadores wireless (sem fio) funcionam através de um fenômeno físico chamado indução, que transforma corrente elétrica em um campo magnético.

Por | @oficinadanet Smartphones

A ideia de criar os carregadores wireless, ou sem fio, já existe há algum tempo. Eu sei que esta ideia parece ser bem futurística, mas esta ideia já existe deste de o final do século XIX. O inventor austríaco Nikola Tesla, criou as primeiras teorias de transmissão de energia sem fios na virada do século XIX para o século XX, mas por causa do seu alto custo, ficou restrita por bastante tempo a apenas protótipos e pesquisas acadêmicas. Na mesma época o brilhante inventor conseguiu criar alguns dispositivos capazes de transformar sua ideia em realidade.

Como funcionam os carregadores wireless?

Veja o review do LG G3 que possui carregador wireless.

Agora você deve estar se perguntando, porque uma tecnologia tão antiga e útil só começou a ser utilizada nos dias de hoje? Por que, assim como ocorre com várias outras tecnologias, a tecnologia de transmitir energia “pelo ar” é muito cara, e só se tornou viável economicamente recentemente.

Como funciona esta tecnologia?

A transferência de energia “pelo ar” é um fenômeno físico chamado de indução, onde a corrente elétrica é transformada em um campo magnético. Ela é transportada do indutor, que deve estar conectado a tomada, ao outro conector que vai ser carregado. Quanto mais próximos estiverem os dois indutores (o carregador e um smartphone, por exemplo) maior é a transferência de energia, pois, ela varia de acordo com o quadrado da distância que separa os dois indutores.Como funcionam os carregadores wireless?

Esta é a mesma tecnologia usada em TVs, rádios e até em Wi-Fi (mas enviam dados no lugar de energia). A única diferença, além do conteúdo que é enviado, é que os gadgets que vão ser carregados, usam bateria para funcionar. Isso torna o processo diferente, tecnicamente não mais difícil, ainda levando em consideração a pequena quantidade de energia que é preciso para carregar completamente a bateria de um smartphone, que é em torno de 5 Watts.

Sobre os indutores

Os indutores são os dispositivos que fazem os dois aparelhos - oque que carrega e o que vai ser carregado - operarem na mesma frequência. Ele é necessário para que ocorra este tipo de transferência de energia.

Na prática, você pode carregar vários gadgets ao mesmo tempo, com alguma distância, se os dois indutores estiverem operando na mesma frequência. Embora seja possível carregar seus gadgets até a alguns metros de distância do carregador, é recomendado que ele esteja encima da base de indução, para que seja carregado com mais eficiência. De maneira mais simples: quanto mais perto seu gadget estiver do carregador sem fio, melhor será sua recarga. Pois, a transferência de energia varia de acordo com o quadrado da distância entre o carregador e o aparelho.

Atualmente já existem outras tecnologias que nos permitem deixar de lado os fios, como por exemplo, o Intel Wireless Display que é a transmissão de vídeo sem fios ou roteadores sem fio de longa distância. O bluetooth, já é uma tecnologia que pode ser usada no fone de ouvido para que não seja necessário um fone com fios. Veja nosso artigo sobre Diferentes Redes Wireless

Deixe seu comentário: Você acredita que num futuro possamos viver em um mundo, quase, livres de fios?

Mais sobre: Comofunciona, smartphone, wireless
Share Tweet
Mais compartilhados
Comentários