Samsung é proibida de comercializar produtos com suposta violação de patentes

Mais uma batalha da interminável briga por patentes entre a Apple e Samsung ocorreu na última semana e desta vez quem saiu prejudicada mais uma vez, foi a empresa sul-coreana Samsung.

Por | @oficinadanet Internet

A briga entre a Apple e Samsung em relação à violação de patentes parece ser interminável; a última batalha ocorreu na última semana, quando na sexta-feira, 09 de agosto, a Comissão Internacional de Comércio dos Estados Unidos – ITC, aquela mesma ao qual o presidente dos EUA, Barack Obama, vetou a proibição de aparelhos da Apple, determinou agora, que a Samsung está proibida de vender determinados dispositivos no país, isso em decorrência da empresa violar patentes de sua maior rival, a Apple.

A determinação está publicada no portal da ITC, onde no termo da decisão tomada está proibindo a Samsung Telecommunications America e também a Samsung Electronics America em dar continuidade nas importações, vendas e distribuição dos artigos considerados como os que violam as patentes da companhia Apple. Tal determinação é válida para modelos antigos de tablets e smartphones da linha Galaxy.

Como da decisão do presidente dos Estados Unidos, frente à empresa americana Apple, a Samsung com certeza irá apelar da decisão, sendo que Barack Obama tem o prazo de 60 dias para tornar tal medida inválida, isso de acordo com informações fornecida pelo portal USA Today.

Voltando ao parecer da ITC, o mesmo indica ainda que a Samsung infringiu patentes de outras companhias nos termos de identificação de movimentos de dedos em telas com sensibilidade ao toque nos smartphones e também na maneira de como estes dispositivos possuem a capacidade de detectar quando um acessório como por exemplo, fones de ouvidos, são anexados ao mesmo. Essas informações foram também divulgadas pelo portar dos USA Today.

DEIXE SEU COMENTÁRIOComente aqui
Assine a nossa newsletter

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Comentários