Sites partidários ficaram fora do ar durante a quinta-feira

Sites políticos como o do PMDB, PT e PSDB, encontravam-se fora do ar nesta quinta-feira, 20 de junho; responsáveis pelos mesmos, acreditam que os ataques a esses, tem ligações com as manifestações que estão ocorrendo pelo Brasil todos.

Por | @RafaelaPozzebon Internet

Sem nenhum grupo de hackers assumirem a autoria de ataques a sites políticos, os mesmos encontravam-se inacessíveis nesta tarde de quinta-feira, 20 de junho; sites de partidos como o do PT, PSDB e PMDB estão com suas páginas fora do ar.

Além dos protestos de rua, na última semana hackers vêm realizando uma série de invasões a sites de órgão públicos, partidários e de empresas de comunicação. Só nesta madrugada de terça-feira, 18 de junho, o site do PMDB fora invadido pelo grupo de hackers Anonymous Brasil, onde na página, era encontrada uma mensagem de apoio aos protestos contra o aumento das passagens do transporte público no Brasil.

De acordo ainda com informações, perfis como o da revista Veja também foram invadidos nesta semana, sendo que o responsável pelo ato usou a conta do veículo para publicar a mensagem que dizia o seguinte: “Jornalismo fascista nós não precisamos de vocês”, além desta mensagem, hashtags como A#LUTA CONTINUA #BRASIL #OGiganteAcordou #Brasil #rEvolução”, também foram acrescentadas.

Nesta quinta-feira, 20 de junho, neste exato momento, manifestações em mais de 100 cidades espalhadas pelo Brasil a fora devem estar acontecendo, onde só em Brasília, deverá contar com mais de 55 mil pessoas, segundo a adesão confirmada pelas redes sociais.

Mais sobre: sites, protestos brasil, partidos
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários