Como funciona o monitoramento de gols da Copa do Mundo

Entenda o funcionamento do sistema que visa acabar com as dúvidas em lances no qual o árbitro é incapaz de acompanhar a bola. A FIFA confirma que empresa alemã GoalControl será responsável por oferecer tecnologia que validará gols em jogos oficiais da Copa do Mundo.

Por | @eduardobarbian Tecnologia

Nos últimos anos temos presenciado um grande número de incidentes relativos a gols que foram, ou não, marcados de forma errada, como por exemplo, no jogo entre Inglaterra e Alemanha pela Copa do Mundo em 2010, em que após um belo chute do jogador Frank Lampard, a bola ultrapassou a linha, porém o gol não foi validado.

Devido a tais problemas, a IFAB (International Football Association Board), resolveu em 2010 reconsiderar a introdução das TLG (tecnologia da linha do gol) em jogos oficiais para que esse tipo de incidente não venha a acontecer novamente. A primeira utilização da TLG ocorreu na final do mundial de clubes da FIFA, ocorrido no Japão em dezembro do ano passado. Apesar de não ter sido necessário durante o jogo, o sistema se mostrou como uma alternativa viável.

Agora em 2013, no dia 2 de Abril para ser exato, a FIFA confirmou que o sistema de TLG fornecido pela empresa alemã GoalControl Gmbh, o GoalControl-4D, será utilizado na Copa das Confederações no Brasil, e provavelmente na Copa do Mundo também dependendo do desempenho do sistema na competição. Três outras empresas participaram do processo de licitação, porém o sistema da GoalControl saiu na frete devido à fácil adaptação aos estádios, além do melhor custo e do cronograma para instalação.

Confira o gol de Lampard que o árbitro não viu:

Como funciona o GoalControl-4D

A Tecnologia da Linha do Gol, TLG, veio para auxiliar os árbitros nas decisões, devendo indicar claramente se a bola cruzou ou não a linha do gol.

Como funciona o monitoramento de gols da Copa do Mundo

O sistema da GoalControl funcionará utilizando 14 câmeras de alta velocidade (serão 7 por baliza), capazes de produzir cerca 400 imagens por segundo, instalados ao redor do gramado, passarelas e pontos altos do estádio. As câmeras serão conectadas a um poderoso sistema de processamento de imagem que acompanha e filtra todos os elementos em campo, como jogadores, árbitro, e demais objetos, sendo o restante somente a bola. Desta forma é capaz de reconhecer sua posição com uma precisão muito alta. Quando a bola passar da linha do gol, um sinal informando o gol será enviado ao árbitro.

Como funciona o monitoramento de gols da Copa do Mundo

O Sistema funciona em conjunto com um relógio especial. Este relógio recebe o sinal enviado pelo computador e exibe um aviso visual e de vibração para o árbitro, bastando a este apenas validar o gol.

Como funciona o monitoramento de gols da Copa do Mundo

A tecnologia utilizada para a transmissão do sinal do computador para o relógio não será 3G, muito menos WI-FI, mas sim outra forma de sinal criptografado, levando menos de um segundo para ser transmitido ao árbitro. Essa escolha se deve justamente para que não ocorram interferências externas que impeçam o sistema de funcionar perfeitamente.

Uma das grandes vantagens do sistema é a possibilidade de utilizá-lo com qualquer tipo de bola, gramado, goleira e rede, ou seja, poderá ser instalado em praticamente qualquer estádio.

As imagens obtidas pelas câmeras também podem ser armazenadas e reproduzidas quando desejar, como por exemplo, em um replay de um gol.

Você pode conferir o funcionamento do sistema no vídeo abaixo:

A FIFA fez questão de deixar bem claro que o sistema não veio para substituir o trio de arbitragem, sendo sua utilização decidida pelo árbitro. Se após testes específicos e anteriores ao jogo o sistema mostrar-se instável, o árbitro poderá simplesmente não utilizá-lo.

E você aprova a utilização do GoalControl na Copa das Confederações e na Copa do Mundo? Deixe sua opinião nos comentários.

Atualização:

Durante a Copa do Mundo no Brasil, o sistema já teve trabalho para identificar um possível gol da França, em uma partida que ocorreu em Porto Alegre, contra Honduras. Benzema, jogador Francês, chutou forte na trave, a bola cruzou sobre a linha e o goleiro Valladares empurrou - sem querer - a bola para dentro do gol. Numa resposta rápida ao movimento, o goleiro tentou tirar a bola. Foi então que o sistema "entrou em campo" pra confirmar que a bola havia passado, em sua totalidade, a linha do gol.

Como funciona o monitoramento de gols da Copa do MundoComo funciona o monitoramento de gols da Copa do Mundo

Esta é a primeira vez que o sistema teve de ser usado para confirmação de gols. 

Mais sobre: copa2014, copa do mundo, futebol
Share Tweet
DESTAQUES
Mais compartilhados
Comentários