Garfo eletrônico que ajuda combater a obesidade é colocado à venda

Que tal um garfo de refeição que ajuda a emagrecer? Você não acredita? Ele existe, pelo menos é o que diz o seu criador. O tal garfo, age de forma vibratória quando seu usuário come muito rápido e assim ele ajuda a combater a obesidade e problemas digestivos

Por | @oficinadanet Internet

Que tal um garfo de refeição que ajuda a emagrecer? Você não acredita? Ele existe, pelo menos é o que diz o seu criador.

O tal garfo, age de forma vibratória quando seu usuário come muito rápido e assim ele ajuda a combater a obesidade e problemas digestivos, pois quando a pessoa está comendo de forma descontrolada, ele avisa vibrando.

 O HAPlgork, como é conhecido o garfo eletrônico, fora inventado pelo francês Jacques Lepine, e a tese de que ele serve como ajudante no combate a obesidade, se baseia na pesquisa de que quando as pessoas comem mais devagar, a digestão alimentar trabalha mais devagar e controlada sendo que assim as pessoas não ganham peso.

O garfo vibratório, ou, eletrônico, foi colocado, a venda, no site de promoção de invenções Kickstarter.com nesta quarta-feira última, com isso, as pessoas que tiverem a fim de desembolsarem US$ 89.00 poderão adquiri-lo antes mesmo de seu lançamento oficial previsto para o final de 2013.

Em uma declaração rápida, o fundador da empresa que elaborou o design do produto, Fabrice Boutain, declarou que, “Apesar de nosso produto ser ainda um protótipo, estamos satisfeitos e emocionados com a resposta mundial até este momento”.  O garfo possui luzes de LED, entrada USB e um software para computadores e smartphones ao qual permite que seus usuários possam assim monitorar seus progressos quanto à forma de comer mais lentamente, ou de forma mais correta e natural.

Sendo assim, deixo aqui uma pergunta, você se habilita a usar o garfo “emagrecedor”?

DEIXE SEU COMENTÁRIOComente aqui
RecomendadoEnquete
Você assina Netflix?
Sim, sou titular(47,84%)
Sim, sou reserva =) (12,10%)
Não, mas pretendo(22,19%)
Não, nem quero(17,87%)
Assine a nossa newsletter

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar