Oficina da Net Logo

Foto de bebê trancado em carro na N. Zelândia circula pelas redes sociais

Uma foto de um bebê trancado em um carro na Nova Zelândia causou revolta e repúdio após ser publicada nas redes sociais

Por | @oficinadanet Redes sociais Pular para comentários

Uma foto de um bebê trancado em um carro na Nova Zelândia causou revolta e repúdio após ser publicada nas redes sociais. Na imagem é possível ver um bilhete escrito “Minha mãe está fazendo compras. Ligue para ela se eu precisar de algo”, seguido do número do telefone celular.

Conforme os internautas, a imagem é real e foi feita em um estacionamento do shopping PaknSave, na cidade de Porirua, na Ilha Norte da Nova Zelândia, no último sábado.

Um homem, ao se deparar com a cena, fez a denúncia. Ao estacionar ao lado do carro não teve como não ver o bebê trancado com o bilhete. Ele disse que resolveu esperar alguns minutos pela mãe ao lado do carro, mas como ela não apareceu, e o carro já rodeado por populares,  ligou para o número de telefone indicado e a responsável apareceu logo ao local.

"Ele parecia um bebê bem cuidado. Como também sou pai, sei como é difícil colocar uma criança para dormir e, com qualquer barulho, ela pode ser acordada. Acho que foi apenas uma decisão idiota de uma mãe cansada", disse a primeira testemunha do caso. Leia em destaque: Como reconhecer e denunciar Fake News no WhatsApp e Facebook?.

A polícia informou que não pode iniciar uma investigação sobre o ocorrido, pois não tem um registro oficial de queixa contra a mãe. No entanto, a assessora nacional de segurança de crianças, Sure Campbell, pede punição: "Bebês podem desidratar rápido, todos sabem dos perigos. Se uma mãe tem dificuldades para criar seu filho, precisa procurar ajuda, não há outra saída".

Felizmente nada aconteceu com o bebê da Nova Zelândia, diferentemente de muitos outros casos. Há pouco tempo, aqui no Brasil, um pai esqueceu a filhinha dentro do carro em um estacionamento. O pai somente lembrou do bebê após sua mulher, preocupada, ligar para ele para saber o paradeiro da criança, já que não havia sido levada para a creche.

E você, o que achou da atitude da mãe? 

Recomendações do editor:

MAIS SOBRE: #bebê  #trancado carro  #Nova Zelândia
Comentários
Carregar comentários