A Apple lançou definitivamente seu sistema operacional Lion OSX. Sucessor do Leopard OS X, o novo OS obteve a marca de 1 milhão de downloads no primeiro dia. A atualização do sistema custa US$ 29,99.

As novidades do sistema são muitas. Agora com mais recursos de multi-touch, que agilizam tarefas ao usar o notebook.  Outra novidade é que agora os aplicativos podem ser abertos em tela cheia com um clique sobre o botão localizado na parte superior a direita. Pode parecer estranho para usuários Windows, mas o Mac dificilmente você utiliza as aplicações em tela cheia.

Outra novidade é o LaunchPad. Este aplicativo é usado para organizar as apps. No mesmo formato do iPad e iPhone você organiza os aplicativos e com um toque para o lado você desliza a tela para ver mais uma tela cheia de aplicativos.

O Mission Control: ele reúne apps em tela cheia, o Exposé, o Dashboard e Spaces em uma nova função que apresenta um quadro geral de tudo que há no seu sistema. Acesse o Mission Control deslizando o dedo para cima no trackpad. Pense nele como um ponto de encontro do seu sistema: Veja tudo e vá para aonde quiser apenas com um clique.

O AirDrop: Está buscando um meio mais rápido de compartilhar arquivos com as pessoas próximas de você? Com o AirDrop você envia arquivos para quem desejar e remotamente, sem necessidade de uma rede Wi-Fi, configurações complicadas nem ajustes especiais. Não requer prática nem habilidade. O único problema é que somente usuários AirDrop podem compartilhar arquivos, ou seja, dois macs com AirDrop.

Outra grande novidade é quando você desliga o notebook, seus aplicativos são fechados e no outro dia você tem que reabri-los todos novamente, entediante não é? Pois bem, agora com o Lion, você desliga o notebook e pode escolher abrir todos os programas que antes estavam abertos, assim ao ligar o Mac ele já abrirá os programas que estavam abertos e você pode sair trabalhando de onde parou.