Produção de smartphones registra queda recorde no segundo trimestre

Segundo dados da empresa de consultoria TrendForce, a produção de smartphones no segundo trimestre caiu 16,7% quando comparado ao mesmo período de 2019. Isso representa a maior queda na história do setor.

Produção de smartphones registra queda recorde no segundo trimestre

A indústria de smartphones sentiu com mais força os impactos causados pela pandemia de COVID-19 no segundo trimestre de 2020, período que diversos países enfrentaram picos da doença. Devido a esses acontecimentos, o setor registrou uma queda recorde.

De acordo com informações compartilhadas pela empresa de consultoria TrendForce, 268 milhões de smartphones foram produzidos durante esse trimestre. Isso representa uma queda de 16,7% quando comparado ao mesmo período de 2019, sendo a maior queda trimestral na comparação ano a ano da história do setor.

O relatório aponta que a Samsung foi uma das empresas mais afetadas, afinal, Estados Unidos, Índia e Europa, mercados importantes para a empresa, sofreram bastante durante esse perído. Ainda assim, a gigante sul-coreana conseguiu manter a liderança global no ranking de maiores produtoras de smartphones, seguida pela Huawei e Apple.

Vale lembrar que esse é o cenário compartilhado pela TrendForce, dado que uma pesquisa feita por outra empresa de consultoria, a Canalys, aponta que a Huawei fechou o segundo trimestre em primeiro lugar, deixando sua grande rival para trás.

O cenário é ruim, mas a Apple cresceu

Apesar da queda geral no setor, a Apple conseguiu aumentar sua produção em 8% quando comparado ao primeiro trimestre deste ano. A TrendForce revelou que isso se deve especialmente ao grande sucesso do iPhone 11 e do iPhone SE (2020), modelos mais "acessíveis" da marca que têm registrado um sucesso considerável em diversos mercados.

Por outro lado, a TrendForce não descarta a possibilidade das restrições impostas pelos Estados Unidos afetarem negativamente a Apple. Isso porque, caso as sanções proiba que a gigante de Cupertino mantenha negócios com empresas chinesas, ela terá que remover aplicativos e serviços chineses dos seus smartphones, algo que pode causar um grande impacto nas vendas de iPhones na China.

Melhores celulares Xiaomi para comprar agora

Conteúdo relacionado

Apple agora vale US$2 trilhões
Mercado Tech

Apple agora vale US$2 trilhões

Apple tornou-se oficialmente a primeira empresa dos EUA com um valor impressionante de US$ 2 trilhões.

iPhone 12 Pro pode chegar sem tela de 120 Hz devido a problemas de abastecimento
Apple

iPhone 12 Pro pode chegar sem tela de 120 Hz devido a problemas de abastecimento

Parece que a Apple enfrenta um dilema, lançar na data esperada sua nova linha de iPhones, a série de iPhone 12, ou atrasar o lançamento e disponibilidade por conta de atrasos com o fornecimento de partes importantes para os smartphones.

TikTok: Aquisição do aplicativo por empresa americana deverá trazer benefício para todos
Mercado Tech

TikTok: Aquisição do aplicativo por empresa americana deverá trazer benefício para todos

A proibição do aplicativo de vídeo curto chinês, TikTok, agora parece uma transação comercial para o presidente dos EUA, Donald Trump.