Oficina da Net Logo

Sonda da NASA registra imagens raras de dunas azuis em Marte

De acordo com os investigadores, a cor das dunas descobertas é tão brilhante em razão de uma estrutura mais complexa e também a sua composição química especial.

Por | @oficinadanet Marte Pular para comentários

A NASA, em seu site oficial, publicou uma foto de dunas azuis que foram descobertas em Marte. Conforme a agência, a foto foi feita através do satélite de reconhecimento de Marte MRO.

O satélite conseguiu captar uma parte da superfície azul do planeta na área da cratera Liot. Conforme a NASA, o fenômeno em questão acontece frequentemente na superfície de crateras, porém, geralmente elas são de cor cinzenta.

De acordo com os investigadores, a cor das dunas descobertas é tão brilhante em razão de uma estrutura mais complexa e também a sua composição química especial.

Dunas azuis em Marte.Dunas azuis em Marte. Leia em destaque: .

Leia também:

Tempestade de areia

A sonda espacial Curiosity, da NASA, vem acompanhando os diversos acontecimentos em Marte. A novidade da vez é que o planeta está vivenciando uma forte tempestade de areia que está espalhando poeira por todo o local.

A sonda Curiosity é um veículo elaborado pela agência espacial norte-americana equipado com câmeras e ainda outras ferramentas capazes de estudar a superfície de Marte. O equipamento, que faz parte da missão Mars Science Laboratory, foi lançado ao espaço em 2011 e está desde 2012 no Planeta Vermelho.

Tempestade de areia.Tempestade de areia.

A superfície marciana, além da sonda Curiosity, também está ocupada por outras sondas, como a Opportunity, que chegou ao planeta ainda 2004. As duas sondas estão dispostas em locais diferentes de Marte.

Mesmo assim, em virtude da enorme tempestade de areia, ambas as sondas estão vivenciando o episódio, que está se alastrando por todo o planeta;

A Opportunity, inclusive, precisou suspender as suas atividades de pesquisa. A Curiosity, a menos atingida pelo fenômeno, conseguiu registrar imagens do momento atual de Marte.

De qualquer forma, as tempestades são eventos rotineiros em Marte, especialmente quando é verão e primavera no hemisfério sul, ou seja, quando Marte está mais próximo ao Sol.

Com isso, a medida em que a atmosfera de Marte aquece, a diferença de temperatura na superfície gera a produção de ventos que mobilizam partículas de grãos do solo. Com isso ainda, o dióxido de carbono congelado nas calotas polares durante o inverno evapora, espessando a atmosfera e aumentando a pressão da superfície, Isso faz com que a aumente ainda mais a suspensão de partículas de areia no ar.

Mesmo que comuns, as tempestades de areia ocorrem geralmente em locais contidos. A tempestade atual não está seguindo o padrão, o que a tornou diferente das demais.

Os cientistas sabem que as tempestades no planeta são recorrentes, porém, eles ainda não conseguiram compreender porque algumas duram meses e aumentam de tamanho, e outras permanecem pequenas e duram apenas uma semana.

“Nós não temos nenhuma boa resposta [para isso]”, afirmou o cientista atmosférico Scott D. Guzewich do laboratório Goddard Space Flight Center, da NASA.

MAIS SOBRE: #nasa  #curiosity  #ciência  #marte
Comentários
Carregar comentários