Plataforma de streaming Disney+ é atualizada e usuários Linux não tem mais problemas

Agora os usuários do sistema operacional Linux poderão aproveitar todo o catálogo de filmes disponível na plataforma de streaming Disney+. Veja o porque!

Por Linux Pular para comentários
Fonte: Tigatech
Fonte: Tigatech

Agora os usuários do sistema operacional Linux poderão aproveitar todo o catálogo de filmes disponível na plataforma de streaming Disney+. Isso será possível devido aos desenvolvedores da empresa terem reduzido os requisitos DRM implementados no mesmo.

Quando o serviço de transmissão de vídeos online da Disney foi lançado, diversos clientes do Linux reportaram erros e falhas ao acessar a plataforma de filmes. A causa disso foi devido a implementação de limites de DRM mais elevados, que não possuíam compatibilidade com o SO Linux.

Anteriormente o Disney+ utilizava-se de um método de segurança mais elevado da tecnologia Widevine Digital Rights Management (DRM), onde garantia-se mais segurança na transmissão de dados, porem causava certos problemas com alguns clientes ou sistemas. O problema ocorreu não só no Linux, mas também no Chrome OS e derivados.

Antes de ontem, sem anúncio algum, a Disney, de acordo com o site omgubuntu, parece ter reduzido os níveis de segurança, pois do nada a plataforma começou a rodar liso para todos os usuários do Linux. Abaixo você pode conferir o relato de Justin Garrison no Twitter confirmando a mudança.

Observação: Apesar das mudanças, ainda pode ser necessário realizar algumas alterações nas configurações dos navegadores como, por exemplo, no Firefox, onde é preciso acessar as definições e ativar o suporte ao conteúdo DRM.

A Disney+ (ou Disney Plus) é uma plataforma de assinatura de streaming de filmes e séries dos estúdios da Disney. Ela foi lançada no dia 12 de novembro deste ano nos EUA e conta, além das produções do Walt Disney Studios, com os estúdios da Pixar, Marvel, Lucasfilm, National Geographic e Fox. No Brasil, o serviço será lançado no dia 10 de novembro de 2020.

Fonte: tugatech, omgubuntu

Recomendamos ler:

Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Comentários:
Carregar comentários