Oficina da Net Logo

Boingo irá ofertar internet grátis em 54 aeroportos do Brasil

A Boingo Wireless venceu a licitação da Infraero para poder gerenciar redes de internet em 54 aeroportos no Brasil.

Por | @oficinadanet Internet Pular para comentários

As pessoas estão cada vez mais conectadas, isso é fato. Locais que ofertam acesso gratuito aos seus usuários acabam sendo mais bem vistos por todos,  esta é outra certeza. A boa notícia vai para quem costuma frequentar os aeroportos brasileiros, que irão contar com acesso à rede em breve.

A Boingo Wireless venceu a licitação da Infraero para poder gerenciar redes de internet em 54 deles. A empresa estadunidense já comanda operações em Congonhas (CGH), Santos Dumont (SDU), Recife (REC) e Curitiba (CWB).

Agora, não somente os usuários serão beneficiados, mas também lojistas que poderão usar a infraestrutura da Boingo para as suas logísticas operacionais, e ainda oferecerem redes personalizadas a potenciais consumidores. A vencedora da licitação aguarda conseguir arrecadas até US$ 230 milhões (R$ 862 milhões) até dezembro através de todas as suas operações.

Boingo irá ofertar internet grátis em 54 aeroportos do Brasil.Boingo irá ofertar internet grátis em 54 aeroportos do Brasil.

A receita da companhia, como podemos perceber, é alta, porém, o consumidor não precisa ficar preocupado, já que não terá nenhum custo adicional. O único problema é que será mostrado anúncios personalizados durante a conexão. Assim, além dos lucros com os lojistas, a Boingo ainda terá arrecadação através da publicidade.

De qualquer modo, a alternativa é interessante, já que evita custos aos usuários do local. Mesmo assim, quem se sentir incomodado com os anúncios, poderão optar por pagar um taxa extra para ficar livres deles. A velocidade da conexão não foi informada, mas upgrades pagos para conexões mais velozes poderão ser realizadas através de pagamentos de taxas.

Neste ano, a novidade estará disponível nos aeroportos de Goiânia, Belo Horizonte, e nos internacionais de Belém, Vitória, Cuiabá, Manaus e Maceió.

No próximo ano, o restante dos aeroportos deverá contar com a disponibilidade de internet.

Assista ao nosso último vídeo: