Oficina da Net Logo

Líder da votação da neutralidade de rede nos Estados Unidos zoa críticos em vídeo

Ajit Pai, presidente da FCC, recebeu inúmeras críticas sobre o seu vídeo que de acordo com opositores a ideia é muito superficial e infantil se tratando de uma assunto sério como o da neutralidade de rede.

Por | @fsbeling Internet Pular para comentários

O futuro da internet nos Estados Unidos está prestes a ser definido, e com isso, a votação do fim da neutralidade de rede pode ocorrer nesta quinta-feira (14) podendo acarretar em sérias consequências para a navegação da população do país.

No intuito de convencer a população de que o fim desta regulação é benéfica, um dos principais responsáveis pelo projeto decidiu gravar um vídeo um tanto quanto bizarro. Ajit Pai é o presidente da FCC, Federal Communications Comission, uma espécie de Anatel brasileira. Foi o presidente Donald Trump que o elegeu presidente exatamente porque ele é um defensor do fim da neutralidade de rede.

Confira o vídeo produzido por Ajit Pai, cuja publicação apareceu no site conservador Daily Caller. O vídeo foi gravado com o intuito de viralizar, pois traz paródia e críticas aqueles que são totalmente contra o fim da neutralidade.

Leia em destaque: A internet vai acabar? Entenda o Artigo 11 e o Artigo 13 da União Europeia.

Como podemos visualizar no vídeo, Ajit Pai, enfatiza que sua ideia principal é “restaurar a liberdade na internet” e finalizar “as regulações deixadas por Obama”. Além disso, o presidente da FCC ressalta que caso a mudança seja aprovada, usuários poderão assistir séries, postar no Instagram, arruinar memes, entre outras coisas.

O que o vídeo não revela?

No vídeo, o presidente não cita que caso a neutralidade de rede seja aprovada, será uma maneira encontrada pelas operadoras para limitar a navegação livre pela rede. Está será uma oportunidade e tanto para as operadoras barrarem acesso a alguns serviços e passarem a cobrar, oferecendo a aquisição de pacotes. Em Portugal temos um exemplo disso, muitos precisam pagar por serviços de streaming.

Além disso, as operadoras podem passar a limitar a velocidade e até mesmo proibir produtos de concorrentes. No entanto, quem defende a ideia, ressalta que desta forma os serviços das operadoras ficam mais transparentes.

Contudo, o vídeo não repercutiu de maneira positiva, pelo fato de que faz brincadeiras de forma bem aberta com as críticas e também foi considerado brega. Muitos sites de tecnologia do país criticaram a atitude do presidente da FCC por tratar um assunto sério de forma tão superficial e infantil, sem responsabilidade alguma.

Comentários sobre o vídeo do presidente da FCCComentários sobre o vídeo do presidente da FCC

Leia também:

"Ajit pai acha que você é estúpido o suficiente para comprar essa porcaria: uma das 7 coisas é dançar com uma pizzagater, "Ajit pai acaba de lançar e um vídeo incrivelmente enganador sobre a morte da neutralidade da rede" e "O Ajit Pai da FCC não manifestou abertamente a neutralidade da rede com um novo vídeo estranho" são alguns comentários sobre o vídeo.

No Brasil

Aqui no Brasil também já ocorreram diversos debates sobre o limite de dados na banda larga, mas no momento o processo está arquivado. No entanto, as operadoras já começaram a pressionar políticos para adotar a mesma ideia dos Estados Unidos a fim de votar alterações no Marco Civil da Internet, que por enquanto garante acesso livre. Nos Estados Unidos, algumas manifestações foram organizadas por artistas e pioneiros da internet com o objetivo de demonstrar a sua oposição a neutralidade de rede.

MAIS SOBRE: #internet  #neutralidaderede  #video  #AjitPai
Comentários