Black Friday registra R$ 2,1 bilhões em compras

Um dos atrativos desta edição da Black Friday é que os descontos eram reais.

Por | @oficinadanet Internet

De acordo com um levantamento feito pela Ebit, a Black Friday gerou faturamento de R$ 2,1 bilhões para o e-commerce brasileiro em 2017, uma alta de 10,3% em relação aos R$ 1,9 bilhão registrados no mesmo período do ano passado.

As informações ainda revelam que o número de pedidos aumentou 14% de R$ 3,30 milhões para R$ 3,76 milhões, já o tíquete médio caiu 3,1%, passando de R$ 580 para R$ 562, na comparação entre os períodos.

Black Friday registra R$ 2,1 bilhões em compras.Black Friday registra R$ 2,1 bilhões em compras.

Leia também:

A retratação do tíquete médio era uma situação verificada pela instituição na última quinta-feira (23), isso é, na véspera da Black Friday, deste modo, ao contrário das duas últimas edições, que acabaram sendo pautadas através do crescimento no tíquete médio. Em 2017, o que impulsionou os valores foi o número de pedidos, que somou quase o dobro do estimado pela Ebit.

Pedro Guasti, CEO da Ebit, disse que na tentativa de atrair mais consumidores, os varejistas optaram por ações promocionais mais agressivas nas categorias de maior valor agregado, o que acabou refletindo no gasto médio. Outro ponto que atraiu os consumidores foi que os lojistas ofereceram descontos reais.

O uso do celular também impulsionou as vendas. Os pedidos via mobile registraram aumento de 81,8% na comparação com o ano passado. O “m-commercer” representou 26,5% em volume financeiro das compras feitas, com uma alta de 21,5% se comparado a 2016.

Entre os produtos mais vendidos, os eletrodomésticos tiveram um grande destaque, com 23% do faturamento total. Os celulares representaram 21% da receita e os eletrônicos somaram 17%.

Mais sobre: ecommerce vendas blackfriday
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo