Mais um! Huawei segue Apple, Samsung e Xiaomi e deve parar de fornecer carregador

A Apple parece ter inserido uma nova tendência de mercado em que fará o fornecimento do carregador incluso na caixa do smartphone ser coisa do passado; Samsung, Xiaomi e agora a Huawei seguem no mesmo caminho. Confira!

Huawei também deve parar de fornecer carregador junto com smartphones. (Imagem: Oficina da Net)
Huawei também deve parar de fornecer carregador junto com smartphones. (Imagem: Oficina da Net)

Quando a Apple anunciou que os seus próximos modelos de iPhones seriam vendidos sem o carregador na caixa, muitos usuários e empresa começaram a acusar a empresa de ser mesquinha, e com razão, já que embora possa parecer que essa seria uma medida plausível, na verdade, seria um desejo irreprimível de aumentar ainda mais os seus lucros, por deixar de fornecer o acessório para vendê-lo separadamente.

Apesar de ter sido uma ideia muito criticada na rede, principalmente por fabricantes rivais da Apple, parece que todas começaram a adotar a mesma postura e enxergar que esse não era um problema tão grave assim. A partir daí, a Samsung anunciou que faria isso no lançamento do Galaxy S21, assim como a Xiaomi também faria com o Mi 11.

Nas três situações, o motivo da mudança de postura para o fornecimento "gratuito" do carregador para smartphones, estava relacionado com as preocupações ambientais. A Apple afirmou que essa era uma tentativa de reduzir o lixo eletrônico que se joga no meio ambiente, o que tem prejudicado a saúde do nosso planeta. A Samsung e Xiaomi também defenderam a mesma hipótese, e a partir disso, uma nova tendência se instalou no mercado de smartphones.

Leia também:

Huawei deve parar de fornecer carregador na caixa

Agora, parece que a Huawei também se juntará à lista de quem vai precisar comprar um carregador separadamente, mas o motivo agora é outro. Segundo a gigante chinesa, o problema está relacionado com o atual cenário no mercado de semicondutores. Devido a pandemia que se instalou no mundo há mais de um ano, o mercado de componentes eletrônicos está sobrevivendo em meio a uma crise violenta, em que não é possível atender a alta demanda, por conta da falta de produtores ativos.

Dito isso, a Huawei pode descartar a inclusão do acessório para carregamento energético na caixa já a partir dos novos lotes de aparelhos já lançados, como o Nova 8 e Mate 40, podendo afetar também todos os modelos que ainda serão lançados com chip Kirin 990, como é o caso do P50, próximo flagship da companhia.

Acer Nitro 5: Não compre sem ver esse vídeo!

Comentários
Minha foto
Insira um comentário