Huawei pode fabricar Kirin 1020 em 5nm, garantindo 50% mais desempenho que seu antecessor

O próximo processador topo de linha da Huawei promete entregar um desempenho consideravelmente melhor que o do Kirin 990. A empresa também pode oficializar o sucessor do Kirin 810.

Por Huawei Pular para comentários
Huawei pode fabricar Kirin 1020 em 5nm, garantindo 50% mais desempenho que seu antecessor

Informações apontam que a Huawei já estar trabalhando no desenvolvimento do seu próximo processador de alto desempenho, que naturalmente será o sucessor do Kirin 990. Trata-se do Kirin 1020, que deve estrear no final do próximo ano com a linha Mate 40.

Além disso, também há detalhes à respeito do Kirin 820, próximo chipset intermediário da marca chinesa, que possivelmente terá suporte ao 5G.

Kirin 1020

Alegadamente, o Kirin 1020 será fabricado no processo de 5nm, tornando-o ainda mais poderoso e eficiente que seu antecessor, que foi desenvolvido em 7nm. Acredita-se que este componente também terá núcleos de arquitetura ARM Cortex-A77.

Essas melhorias devem entregar um desempenho 50% melhor que o do Kirin 990, algo que certamente deve ser notado não apenas no uso diário mas também a longo prazo, conforme determinadas aplicações e recursos exigirem mais "poder de fogo". Isso naturalmente aumentará a vida útil dos modelos com Kirin 1020, dado que os proprietários demorarão mais tempo para comprar novos aparelhos para terem um desempenho satisfatório.

Também foi dito que o próximo chipset topo de linha da Huawei possui apenas a variante 5G, deixando de lado opções com 4G. O modem com suporte a essa tecnologia será integrado, uma vantagem com relação ao Snapdragon 865 e Exynos 990, que possuem modens separados.

Kirin 820

Quando falamos do Kirin 820, ele será voltado para smartphones intermediários, entregando suporte ao 5G. O processo de fabricação é de 7nm, e sua estreia pode acontecer no Huawei Nova 7 ou no Honor 10X.

Infelizmente, essas são as únicas informações disponíveis sobre este processador até o momento. No entanto, outros detalhes podem ser vazados nos próximos meses, então vamos aguardar.

Via

Recomendamos ler:

Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Comentários:
Carregar comentários