O que é ADC e por que ele é importante hoje para a gravação de uma música?

Saiba o que é o ADC e porque ele é necessário e importante hoje para as gravações de música. Entenda o porquê a reprodução do áudio digital só é possível devido a ele.

Imagem ilustrativa de um ADC modelo ADS1115. Fonte: lygte-info
Imagem ilustrativa de um ADC modelo ADS1115. Fonte: lygte-info

Alguns de vocês já devem ter ouvido falar do DAC (Digital to Analog Converter), chip responsável pela conversão do áudio digital em analógico. Porém, o áudio gravado através de microfones não é digital, é analógico. Então surge a pergunta: como fazer com que o áudio analógico se transforme em digital para assim termos a famosa mídia digital?

Como ocorre a captação do som

Dois microfones Neumann M49s - Foto por/Photo by: soundonsound
Dois microfones Neumann M49s - Foto por/Photo by: soundonsound

Tudo começa através da captação das ondas sonoras (ondas mecânicas) que fazem o diafragma vibrar. Essa oscilação do diafragma faz com que seja gerado o sinal analógico (voltagens em corrente alternada ou VCA). O sinal analógico é transmitido então através de um cabo com conector XLR ou TRS que estará conectado, por exemplo, a uma interface de áudio ou um console de mixagem, onde geralmente há várias entradas para microfones.

Como o sinal analógico é convertido em digital após ser gerado pelo microfone

Chip ADC (Analog to Digital Converter) AKM5720. Fonte: audiophonics
Chip ADC (Analog to Digital Converter) AKM5720. Fonte: audiophonics

Depois que o sinal analógico chega através do cabo do microfone até a interface de áudio (ou console de mixagem), ele será convertido por um chip chamado ADC (analog to digital converter), responsável por transformar a corrente elétrica do sinal analógico em um sinal digital. O ADC fará a leitura de vários pontos por segundo da onda elétrica gerada após a captação do diafragma do microfone, gerando uma versão digital do sinal elétrico, que obviamente não é idêntica, mas é aproximada da melhor forma possível, através da aproximação de valores durante a medição.

O que ocorre depois que o sinal analógico é convertido em digital pelo ADC

Após o som que ser convertido em sinal elétrico e posteriormente para um sinal digital pelo ADC, irá ocorrer o processo de edição e processamento do áudio digital gerado. Haverá então a seleção dos melhores takes (trechos) da gravação, onde o engenheiro de som irá realizar ajustes (se necessário) e finalizar esta etapa transferindo o produto para o responsável pela mixagem do som.

Imagem ilustrativa do processo de mixagem.
Imagem ilustrativa do processo de mixagem.

Na mixagem teremos a junção dos diferentes sons gravados e editados anteriormente utilizando um console de mixagem (ou mesa de som). Nesta parte, será feito ajustes de frequência, dos níveis de sinal, da dinâmica do som, do posicionamento dos instrumentos e vozes, além da adição de efeitos como, por exemplo, reverberação (tentativa de fazer o som ficar mais natural, mais real).

Por fim, após a mixagem, será realizada a masterização, que é onde se analisa o produto final gerado em diversos tipos de equipamentos como fones de ouvido e caixas de som e observa-se como ocorre a interação com o ambiente (no caso das caixas de som) ou ouvido da pessoa (no caso dos fones). O objetivo da masterização é realizar ajustes para que se consiga uma música que toque bem em diversos equipamentos de som mesmo que haja compressão ou distorção causada pelo setup de áudio que o ouvinte utiliza.

Após a masterização, onde a música será armazenada?

Depois de concluído o processo de masterização, será realizada a gravação do arquivo gerado para uma mídia digital, que pode ser física (CD, DVD, Blu-ray) ou arquivo digital (em formatos como WAV, FLAC, MP3, ALAC, AAC).

Imagem ilustrativa de mídias digitais físicas (CDs). Fonte: decortips
Imagem ilustrativa de mídias digitais físicas (CDs). Fonte: decortips

Conclusão

Embora muitos se preocupem com o DAC (necessário em qualquer equipamento de reprodução de áudio digital), por vezes esquecem de que é necessário um outro chip para que se transforme o áudio analógico em digital, o ADC.

Especial: Série de artigos sobre Fones de Ouvido

Confira a série especial de artigos, em parceria com a Fones High End (Facebook, Instagram, Twitter), onde é mostrada uma nova perspectiva descomplicando tudo sobre fones de ouvido!

Como funciona?

O Som

Tecnologias

Como escolher?

Dicas

Tutoriais

Artigos

Reviews

A História

Entrevistas

Conteúdo relacionado

Como a música chega aos nossos fones de ouvido
Fones de Ouvido

Como a música chega aos nossos fones de ouvido

Neste artigo irei explicar como a música, desde a sua gravação e masterização, chega aos nossos fones de ouvido, passando pelos formatos de arquivos de áudio, players, DACs e amplificadores.

Tipos de cabos e conectores utilizados nos sistemas de fones [básico sobre fones]
Fones de Ouvido

Tipos de cabos e conectores utilizados nos sistemas de fones [básico sobre fones]

Muitos tem dúvidas sobre como identificar os tipos de cabos e conectores, tanto analógicos quanto digitais. Pensando nisso, neste artigo será ilustrado sobre o funcionamento de cada um, onde são utilizados e suas vantagens.

Quais as vantagens de se usar um DAC externo (dedicado)?
Fones de Ouvido

Quais as vantagens de se usar um DAC externo (dedicado)?

Muitos querem obter uma qualidade de som acima do que é fornecido na maioria dos celulares, notebooks e desktops. A solução para isso é conectar um dispositivo externo ao que se está utilizando. Mas quais vantagens teremos com isso? Confira!