Review Cooler Deepcool Gammaxx 400 - O Cooler com o melhor Custo x Benefício!

Será que um Cooler relativamente barato consegue resfriar um processador de alto desempenho? É isso que iremos descobrir hoje, com o review do Deepcool Gammaxx 400, tentando resfriar o nosso Ryzen 7 2700X.

Por Hardware 3 comentários
Review Cooler Deepcool Gammaxx 400 - O Cooler com o melhor Custo x Benefício!

Se você está pensando em montar um PC Gamer, é bem provável que tenha pesquisado sobre um bom Cooler para manter o seu processador bem resfriado, principalmente durante o verão Brasileiro e suas altas temperaturas.

Nos últimos anos, os processadores disponíveis para o mercado doméstico tem tido ganho exponencial de performance, e junto com essa performance, veio uma maior necessidade de resfriamento adequado e mais eficiente. Claro que também houveram avanços neste aspecto, mas não tão significativos.

Heatsink do Gammaxx 400
Heatsink do Gammaxx 400

Porém, avanço é avanço, não é? E, por isso, nos fizemos a seguinte pergunta: será que um Cooler barato de apenas R$100 consegue resfriar um processador de alto desempenho? É isso que iremos descobrir hoje, com o review do Deepcool Gammaxx 400, tentando resfriar o nosso Ryzen 7 2700X, que conta com 105W de TDP.

Construção e Design

Vamos começar falando da construção do cooler em sí, assim como do Fan que vem incluso na caixa.

Sua construção é bem simples, mas que lembra muito a Coolers de maior preço, principalmente por causa de suas dimensões. Ele conta com 4 tubos de cobre que tem contato direto com o IHS do processador (IHS é a "tampa" metálica do processador, onde temos o nome do mesmo estampado). Ter contato direto ajuda na dissipação, e assim melhora a eficiência do cooler.

Contato das heatpipes direto com a CPU
Contato das heatpipes direto com a CPU

É importante ressaltar que a Deepcool marca este modelo com dissipação máxima de calor em 125W para soquetes AMD, enquanto que para Intel ganhamos mais 5W, totalizando 130W. Como já descobrimos em nosso comparativo do Ryzen 7 2700X vs i9 9900K, ultrapassar estes valores não é nada difícil, e é isso que iremos fazer na parte de performance logo abaixo.

O Heatsink é de alumínio, que ajuda na dissipação
O Heatsink é de alumínio, que ajuda na dissipação

Os 4 canos de cobre são em formato U, e vão desde a base do Cooler até o topo do mesmo, e não tem pintura e/ou acabamento para enfeite, o que pode desagradar a alguns. Ao nosso ver, não há nenhum problema estético, e não o achamos feio por isso. No topo também encontramos a logomarca da Deepcool em relevo, o que dá um pequeno toque estético no produto.

Não h acabamento superior para deix-lo mais bonito
Não há acabamento superior para deixá-lo mais "bonito"

Em volta dos tubos, temos o heatsink em sí, que é feito de alumínio, o que também ajuda bastante na dissipação de calor, além de deixá-lo mais leve. Esta parte conta com um corte perto da base, que ajuda em placas mãe que contam com dissipação própria para os circuitos onboard. No caso da nossa ASUS B450 Prime Plus, não tivemos nenhum problema de compatibilidade e pudemos instalar o nosso kit de memória Geil 2x8GB 3000Mhz CL16 no slot mais próximo ao Cooler sem interferir um no outro.

O Cooler não interferiu com as memórias
O Cooler não interferiu com as memórias

O fan incluso é de 120mm, e como já mencionei antes, vem nas cores Vermelha e Azul. Ele conta com sua carcaça exterior em preto brilhoso, enquanto que as ventoínhas tem certa transparência, mas sua cor predominante ainda é o preto. Honestamente, é o Fan que dá uma aparência mediana ao Gammaxx, que se encaixado com outros modelos, é revitalizado. Você também pode comprar diretamente a versão GT/GT TGA, que conta com RGB e tem TDP máximo bem parecido a este modelo, com a diferença ficando no preço, que é literalmente o dobro.

Os 4 LEDs criam este efeito espiral quando o fan é ligado
Os 4 LEDs criam este efeito espiral quando o fan é ligado

O Fan é um modelo PWM com 4 pinos, então você pode controlá-lo diretamente da placa mãe, ou deixar com que ela controle o fan. A grande maioria dos fans de CPU atuais vem neste padrão de conexão, então isso não é nenhuma exceção.

Conector PWM 4 pinos
Conector PWM 4 pinos

Na caixa temos encaixes para sockets do estilo AMD e Intel, que suportam várias gerações de ambas as marcas, aqui vai a lista:

  • AMD - AM4/AM3+/AM3/AM2+/AM2/FM2+/FM2/FM1;
  • Intel - LGA20XX/LGA1366/LGA115X/LGA775.

Além disso, também temos um encaixe para um Fan extra, podendo usar um setup Push N Pull para melhorar a eficiência do mesmo. Iremos falar mais sobre isso na parte de performance.

Instalação

Normalmente, CPU Coolers comprados separadamente tem seus encaixes de placa mãe proprietários, e o Gammaxx 400 não é diferente. Como mencionei logo acima, o mesmo suporta uma variedade de Sockets AMD/Intel, e inclui as peças necessárias para a utilização.

Peças inclusas
Peças inclusas

A instalação não é difícil, mas é meio chatinha e requer cuidado, principalmente na hora de remover da placa mãe. Ele conta com o mesmo mecanismo de remoção presente no Cooler Box da AMD, onde é necessário soltar os pinos de pressão de cada lado separadamente e na ordem correta.

E qual o problema disso? Bom, o problema é que é quase impossível aplicar pressão equalizada em ambos os lados do processador, fazendo com que você tenha que compensar a pasta térmica de um lado para espalhar a mesma corretamente.

Cada pino é removido separadamente
Cada pino é removido separadamente

E este é literalmente o único ponto negativo do produto, e que não é um defeito, mas sim uma escolha de design um pouco estranha. Prefiro muito mais a fixação em estilo X usada em vários Water Coolers, que faz a aplicação equalizada de força sobre a CPU ser muito mais fácil de executar, fora uma menor chance de danificar a CPU ao remover o Cooler para eventuais manutenções.

E o motivo pelo qual falo que este é o único "defeito" no Cooler, é por causa de sua performance, que é o que vamos explorar agora mesmo.

Desempenho

Agora vamos para a parte mais importante do review, o seu desempenho! Aqui estaremos avaliando vários aspectos: temperatura, barulho e velocidade dos fans. O primeiro ponto a ser abordado serão as suas temperaturas.

Os testes foram realizados em nossa bancada de testes, que é aberta. Um gabinete fechado pode surtir diferenças de temperatura, e se o mesmo tiver bom airflow, pode inclusive melhorar as mesmas, então atente-se a isso.

Outra coisa importante foi a adição de um Fan no estilo Push N Pull na traseira, ocasionando diferença minúscula de temperaturas, mantendo-se dentro da margem de erros. Por este motivo, não iremos apresentar o resultado destes testes, somente os com o produto totalmente stock.

Idle

Em Idle, o fan se torna extremamente silencioso, girando em 500 RPM e sendo basicamente inaudível. Os fans do gabinete se tornam mais altos que o da Deepcool, o que é uma excelente demonstração de seu baixo ruído.

Outra coisa importante de citar é a temperatura do processador, que chegou a mínina de 26°C, apenas 3°C mais alto do que a temperatura ambiente, e novamente impressionante. Já sua temperatura média em Idle, ficando parando cerca de 10 minutos após ligar, ficou em 33°C, também boa marca.

Stock

Primeiramente testamos o Gammaxx 400 com o 2700X Stock, sem PBO ativo e sem nenhuma alteração em voltagens ou configurações de placa mãe. Vamos para a tabela de resultados:

Estatísticas
Dados: Stock
Temperatura Ambiente 23°C
Temperatura CPU 65°C
Clock CPU 3.9 Ghz
Velocidade dos fans 1600RPM
Ruído Médio

Com o processador em stock rodando o render da Sala de Aula no Blender, tivemos temperatura máxima de 65°C após 5 runs seguidas da renderização com o processador já quente, o que é um excelente resultado considerando que o processador é um dos mais exigentes da antiga geração. Infelizmente, não temos como medir o ruído em decibéis, pois não temos o equipamento para isso, mas com o gabinete aberto, o ruído era médio, mas o tom do mesmo não chegava a incomodar, então ficar ao lado era consideravelmente tranquilo.

Neste uso, o Gammaxx 400 apresentou excelente performance, principalmente pelo preço de apenas R$90, o que nos deixa com uma boa impressão inicial. Vamos agora para os resultados com PBO ativo.

Precision Boost Overdrive Ativo

A partir do momento que habilitamos o PBO nas opções da placa mãe, o processador já começa a utilizar consideravelmente mais energia, e seu consumo sobe de 120W para 150W, e se mantém nesta margem. Sabendo disso, vamos aos resultados:

Estatísticas
Dados: PBO
Temperatura Ambiente 23°C
Temperatura CPU 78°C
Clock CPU 4 Ghz
Velocidade dos fans 1600RPM
Ruído Médio

Analisando a tabela acima, vemos que limitações de dissipação de calor começam a aparecer, pois agora o nosso processador chega bem perto da marca dos 80°C em uma temperatura ambiente confortável. Se testássemos o mesmo em uma temperatura ambiente maior de 30°C, veríamos um aumento de no mínimo 10°C no processador, e aí já recomendamos deixar o PBO desativado.

Só quero lembrá-los que estamos falando de um Cooler que custa apenas R$99, e que está brigando em uma categoria acima do preço.

Overclock Manual

Agora vamos para a última avaliação de desempenho do Cooler, utilizando-o com Overclock manual da CPU, tentando tirar o máximo de potência possível sem exagerar nas voltagens e temperaturas. Vamos ver até onde o produto da Deepcool aguentou.

Estatísticas
Dados: Manual OC
Temperatura Ambiente 23°C
Temperatura CPU 71°C
Clock CPU 4.05 Ghz
Velocidade dos fans 1600RPM
Ruído Médio

E mais uma vez, o resultado vem com bons olhares e bons números, ficando bem próximo aos resultados do PBO em questão de clocks. Os Ryzen já vem de fábrica bem perto do seu limite de operação, e o nosso 2700X não é exceção. Com o VCore em 1.35V, conseguimos o clock máximo de 4.05 Ghz, e não quisemos avançar com o VCore por causa de nossa placa mãe não ser um modelo recomendado para isso (ASUS B450 Prime Plus).

Ainda assim, injetamos menos calor para o processador, e mesmo com o Clock Geral mais alto, nossas temperaturas diminuíram em relação ao PBO ativo em 7°C, assim como o consumo que saiu de 155W em média para 135W.

Conclusão

O Deepcool Gammaxx 400 realmente surpreende pela performance x preço, segurando um Ryzen 7 2700X com certa tranquilidade, limitando-se apenas quando o PBO está ativo, algo que não é necessário.

A conexão direta dos tubos de resfriamento, o tamanho do dissipador em sí e o Fan eficiente e que gira em boa velocidade são os fatores que fazem com que este alcance a performance vista nos testes.

Deepcool Gammaxx 400
Deepcool Gammaxx 400

Encontrar produtos deste tipo são o nosso objetivo quando fazemos reviews aqui no Oficina da Net. Temos performance que é equiparada a equipamentos que normalmente giram em 200% do valor do mesmo, e assim temos maior competição no mercado e melhores preços gerais.

Parabéns a Deepcool pelo excelente produto, e deixamos aqui um Super Indico no Oficina da Net, pois acreditamos ser um dos CPU Coolers de maior Custo x Benefício aqui no mercado brasileiro, e que ainda tem opções de diferentes cores disponíveis para agradar um maior público.

Comentários:
Carregar comentários