Seagate traz 2x de performance em HDs com tecnologia Mach.2

O conceito da tecnologia não é novo, mas no passado, o custo extra de componentes adicionais necessários elevavam o custo a um patamar acima do que era "comercialmente viável".

Por Hardware Pular para comentários
Seagate traz 2x de performance em HDs com tecnologia Mach.2

A Seagate é uma empresa muito famosa no ramo de Discos Rígidos de armazenamento, eles são um dos líderes de venda no mercado e disputam diretamente com marcas como Western Digital e Semp Toshiba no ramo de HDs para PCs.

Mas hoje a notícia é outra, a empresa conseguiu dobrar a performance de HDs convencionais com a utilização de duas agulhas para gravar os dados ao invés de uma que é o padrão do mercado atual.

O conceito da tecnologia não é novo, ele já esteve em presente em outras tentativas de elevar a performance de HDs convencionais, mas no passado, o custo extra de componentes adicionais necessários elevavam o custo a um patamar acima do que era "comercialmente viável".

Tecnologia Mach.2 da Seagate
Tecnologia Mach.2 da Seagate

Mas desta vez é diferente, a tecnologia foi aperfeiçoada pela Seagate, trazendo custos adicionais ao mínimo e dobrando a performance. Com grande interesse nesta tecnologia, com o nome de Mach.2, a Microsoft decidiu investir e apoiar a marca e assim adicionou a tecnologia aos servidores Microsoft Cloud, com a supervisão do Arquiteto da empresa, Aaron Ogus.

O modelo escolhido pela Microsoft é o Exos MACH.2, que conta com 14TB de armazenamento por drive, velocidades de escrita e leitura de até 500 MegaBytes por segundo, marca impressionante para um HD e que chega bem próxima a de SSDs sata de entrada.

HD com a tecnologia em display
HD com a tecnologia em display

Para garantir que a nova tecnologia suportasse todas as possíveis cargas de uso dos servidores, foram realizados alguns testes que incluem Backup, Streaming e RFC (Rede de Fornecimento de Conteúdo, ou CDN em inglês). Após a realização dos testes, Aaron deu o seguinte depoimento:

"Se baseando sobre a análise feita, descobrimos que estamos chegando perto do dobro de taxa de transferência e IOPS (Input/Output por segundo), que são melhorias que esperávamos alcançar com a tecnologia Mach.2".

A Seagate também explicou a importância e a necessidade de aumentar a velocidade que HDs lidam com dados de acordo com que o espaço total de armazenamento aumenta. James Borden, Gerente de Produtos em Nuvem, explica que um HD de 16TB deve ter no mínimo o dobro de taxa de transferência do que um de 8TB, e o motivo disso é a limitação de quantidade de dados que o HD consegue lidar por segundo.

Se você chega ao limite de operações por segundo de um dispositivo, é necessário diminuir a quantidade de dados inseridos no mesmo, e assim você acaba por armazenar menos dados no mesmo. Então ter um HD de 16TB com a mesma velocidade de um de 8TB não faz sentido, no ponto de vista de uso em um servidor.

Seagate Exos
Seagate Exos

Infelizmente, não há data para o lançamento da tecnologia no mercado comum de HDs e SSDs, mas devemos começar a ver a comercialização desta tecnologia nos próximos 2-3 anos, já que tanto o mercado "Enterprise" quanto o "Comum" estão cada vez mais necessitados de maiores capacidades e velocidades.

Comentários:
Carregar comentários