Malware pode roubar dados do Facebook através de extensão do Chrome

A empresa diz que tal ameaça está circulando livremente no Facebook como uma simples extensão para Google Chrome.

Por Google Pular para comentários

Uma pesquisa recente revelou que cerca de 20 milhões de usuários baixaram extensões falsas de bloqueadores de anúncios no navegador Chrome. Agora, foi descoberto um malware que é capaz de roubar informações do Facebook da vítima utilizando cookies do navegador.

O Google, após promoter reforçar a segurança do Chrome, está vendo novamente o seu navegador ser alvo de uma campanha para roubar dados de usuários. Isso tudo porque a empresa de segurança TrendMicro descobriu um novo malware que pode ser executado de modo remoto.

Malware pode roubar dados do Facebook através de extensão do Chrome.Atenção ao baixar extensões para o Chrome: Malware pode roubar dados do Facebook através de extensão do Chrome. 

A empresa diz que tal ameaça está circulando livremente no Facebook como uma simples extensão para Google Chrome. Chamada de Koblo, após ser instalada na máquina da vítima, é capaz de roubar informações do Facebook e também de qualquer outro login do usuário através do Chrome.                   

A TrendMicro diz que a Koblo é a única extensão que possui tal ameaça. Porém, não seria uma surprese se tal malware se espalhasse para as demais extensões que estão presentes na Chrome Web Store.                                               

A extensão ainda é capaz de enviar mensagens para os amigos do usuário que estejam ativos na rede social. Deste modo, o amigo que receber uma mensagem com um link para um vídeo, solicitando que também faça o download da extensão.          

Ao que tudo indica, até então, o Facebook é o principal método que os cibercriminosos encontraram para espalhar o malware denominado FacexWorn.                              

O Google, até então, não se manifestou sobre as formas de bloquear a ameaça. Por essa razão, o recomendável é que o usuário nunca instale extensões duvidosas no navegador, deste modo irá evitar de cair em golpes do tipo.               

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Quantos celulares a Motorola tem em linha?
5(15,42%)
10(56,01%)
15(12,14%)
20(8,72%)
26(7,71%)